Asma e exercícios

Crianças asmáticas costumam gerar preocupação quando o assunto é atividade física. O erro é afastá-las ou poupá-las dos exercícios, pois eles estimulam o processo respiratório, quando bem orientados.

Para a dra. Zuleid Linhares Mattar, presidente da Associação Brasileira de Asmáticos de São Paulo (ABRA-SP), uma boa opção nas férias são as brincadeiras ao ar livre, como em parques e praças. Ela aconselha que as crianças se movimentem, subam em árvores, corram, brinquem de pega-pega, esconde-esconde. Além de contribuir para a melhora da condição física, aumenta a resistência e ajuda a adquirir reservas para enfrentar as crises.

Não forçar a barra para o filho fazer natação, se ele não gostar, é o primeiro passo para tratá-lo como uma criança normal. As crises, o grande receio da família, acontecem mais no inverno, devido ao ar seco e frio. No verão, o maior cuidado deve ser com as viagens ao litoral, que precisam ser antecipadamente planejadas.

“É muito comum que casas de praia fiquem fechadas o ano todo, fazendo com que o cheiro forte e o mofo tomem conta do local. Ao pensar em praia, peça que alguém areje a casa antes de ir para lá com a pessoa asmática”, observa Zuleid.

A medicação também não deve ser esquecida nas férias. Sem o controle da doença, as crianças não serão capazes de acompanhar e se beneficiar das atividades físicas ou brincadeiras mais enérgicas.

Por Karina Conde

Comente

Assuntos relacionados: crianças saúde exercícios asma