Agentes vão fiscalizar menores em bares

Agentes vão fiscalizar menores em bares

A partir do dia 19 de novembro, os bares estado de São Paulo que abrigarem menores de idade consumindo bebidas alcoólicas serão penalizados com multas que podem chegar a R$ 50 mil, mesmo que não tenham vendido o produto. Até então, os donos do estabelecimento se livravam da culpa, caso provassem que a bebida não havia sido adquirida no local.

De acordo com a lei, sancionada pelo governador Geraldo Alckmin, bares, restaurantes, lojas de conveniência, baladas e outros locais serão proibidos de vender, oferecer ou permitir o consumo de álcool pormenores de idade, mesmo que estes estejam acompanhados dos pais ou de pessoas maiores de idade. O monitoramento será realizado pelos agentes da Vigilância Sanitária Estadual.

Em entrevista ao site da revista "Época", o funcionário Carlos Clemente Rodrigues, do Manifesto Rock Bar, em São Paulo, falou sobre a dificuldade de controlar o consumo de bebidas alcoólicas por menores. "Seria necessário contratar mais seguranças para fazer o papel de babás de uma turma de menores que não é pequena, especialmente no domingo", diz. E declarou: "Já que não é possível controlar, infelizmente, acho que teremos que excluir esse público de nossos clientes."


Um tanto difícil agentes e donos de estabelecimento controlarem isso, não? Talvez o caminho não seria em ter uma boa conversa dentro de casa?

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente