A mala de viagem de seus filhos

Veja as dicas e saiba quais os itens que não podem ser esquecidos em casa
A mala de viagem de seus filhos

As férias vêm aí e, com elas, o agito da criançada. Elas querem viajar e cabe a você, mãe, ajudá-las a arrumar as malas. Entretanto, é preciso atenção, para que não falte nada à criança. O VilaMulher reuniu dicas importantes para ajudar as mamães a arrumarem a mala dos filhos, sem erro.

Segundo Lela Barbosa Torre, executiva da grife infantil Chicletaria, o importante é sempre manter a elegância, independente do lugar. "Roupas de tactel (calça, bermuda, shorts e ainda a opção de tactel forrado para lugares frios) e malha são muito adequadas para praia e campo. Em qualquer situação deve ter abrigo e maiô, biquíni ou sunga", conta. O que pode variar é a quantidade de peças, dependendo do destino. Lela indica "um conjunto por dia, com duas opções de reserva".

Inclua, também, livros - nunca se sabe quando uma criança fica aborrecida. "Mas também é interessante levar boné, lanterna, lápis e papel, além de um brinquedo ou bicho de estimação, quando permitido".

A mãe deve estar atenta a outros detalhes como, por exemplo, incluir uma "farmacinha" na mala, que tenha termômetro, curativos (tipo Band-Aid), gaze, esparadrapo, anti-térmicos e analgésicos, protetor solar, repelente de insetos e medicamentos indicados pelo pediatra.

Lela ainda ensina que, para poupar espaço, as roupas devem ser dispostas em rolinhos individuais. Ela também aconselha que as mães optem por sapatos mais leves e, caso tenha que levar algo mais pesado (tênis, botas etc.), levem já nos pés da criança. "Dê preferência a cores coordenadas. Assim, caso a criança suje a camiseta, você não precisará trocar toda a produção", completa.


Preparar a mala também pode ser divertido para as crianças. Chame seus pimpolhos para ajudar a arrumar a bagagem, em especial os mais velhos. Além de se divertirem, eles aprenderão e se sentirão mais responsáveis, o que pode ser um bom preparo para suas viagens sem os pais. "A criança saberá o que tem, quando usar e como arrumar para que tudo esteja à mão facilmente. Além disso, a participação da criança cria o hábito de escolher de forma racional e prática o que levar numa viagem", conclui Lela.

Por Ana Paula de Araujo (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: férias viagem viagem com crianças