123Alô! - apoio e orientação para adolescentes

123Alô  orientação para adolescentes

Foto: Reprodução

O grande número de transformações na adolescência gera inúmeras dúvidas e inseguranças, o que torna esta fase complicada para pais e filhos. As diferenças entre gerações podem gerar conflitos que impossibilitem até mesmo o mais simples dos diálogos. Nestes casos, os jovens podem ficar sem orientação e acabar indo por um rumo inadequado. Felizmente, há pessoas que estão atentas a estas dificuldades e criam meios para diminuí-las.

O Instituto Noos (o nome vem do grego e significa mente, além de fazer referência à noosfera) criou o serviço 123Alô! - A voz da criança e do adolescente. Este é um canal interativo, nele os adolescentes podem entrar em contato por telefone, chat, fórum ou e-mail. Independente do assunto a ser tratado, pode ser uma dúvida, queixa, orientações etc., há um profissional disposto a ouvi-los e orientá-los.

Todos os meses são divulgados os indicadores do serviço prestado. No mês de janeiro de 2011, por exemplo, 32,2% dos contatos foram feitos por motivos de relacionamentos, 32,2% desejaram informações, 10% tinha a ver com situações do cotidiano, 6,7% com violência intrafamiliar e 4,4% tinham relação com violência extrafamiliar.

O serviço garante o sigilo do conteúdo das conversas, além de não exigir a identificação de quem entra em contato. "É importante que você saiba que todo adolescente tem o direito de falar o que pensa e sente. E pode e deve ter suas opiniões e sentimentos considerados e respeitados principalmente pelas pessoas que convivem com ele", defende a Ong.


A equipe é formada por profissionais experientes da área de educação e saúde. A conversa não tem limite de duração e há a promessa de não haver críticas, independente do assunto tratado.

Os jovens que optarem por entrar em contato pelo telefone, pode ligar para 0800 0 123 123, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h da noite, exceto feriados. O chat funciona nos mesmo dias, porém em horários diferentes. Os atendentes estarão à disposição das 11h às 12h e de 15 às 16h. O e-mail e o fórum nunca saem do ar. Basta escrever e em poucos dias você receberá um retorno.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente