Visão pode causar atraso escolar, mostra pesquisa

[img=1]

O atraso escolar de pelo menos 2 anos para cerca de 20% dos alunos apontado pelo censo 2013 da Educação Básica poderia ser reduzido em mais da metade só com o uso de óculos. Isso porque, o baixo rendimento escolar está associado à falta de óculos para 51% das crianças.

É o que indica pesquisa feita com 36 mil alunos matriculados nas escolas municipais de Campinas. De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto o estudo é resultado da avaliação dos pais e professores no período de um ano.

Para ele a análise explica porque o Brasil tem a terceira maior taxa de evasão entre 100 países. Segundo o relatório do Pndu (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) 1 em cada 4 crianças brasileiras abandonam a escola no ensino básico.

Os professores também afirmam que:

51,1% conseguem desenvolver atividades que antes não conseguiam;

57% concentram-se mais;

49% finalizam tarefas que antes não terminavam;

36,2% estão menos agitadas;

88% passaram a ter mais interesse pelos estudos e a concentrar-se ;

68% não se incomodam em usar óculos;

91% conseguem realizar tarefas que antes não conseguiam.

Maioria das crianças nunca foi ao oftalmologista

A estimativa do CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia) é de que 30% das crianças brasileiras precisam usar óculos. Na infância o exame oftalmológico é essencial porque o olho está em desenvolvimento até a idade de 7 anos. "Qualquer bloqueio sem tratamento adequado neste período pode se transformar em deficiência visual grave e até levar à perda irreparável da visão", alerta.

Para evitar danos no rendimento escolar de seu filho, e até mesmo um problema de saúde futuro, é essêncial levar a criança para fazer um check up. Quanto antes os problemas forem tratados, melhores e mais rápidos são os resultados. Não perca tempo!


Por Vila Mulher

Comente