Vim para UNICEF: campanha inovadora transforma a vida de crianças

Condições adequadas na escola garantem mais saúde, desenvolvimento e aprendizagem para os nossos pequenos brasileiros. Faça parte desta luta e vamos #JuntosPeloSaneamento !
Vim para UNICEF

Foto: Divulgação

Eles não gostam de usar banheiros impróprios, mas não têm opção. Querem melhores condições de higiene na escola, mas falta água, falta limpeza, falta saneamento. Fica até difícil de acreditar que em um país onde milhões de crianças estão conectadas à tecnologia por meio de seus smartphones, ainda existem 450 mil garotos e garotas sem acesso à água de qualidade e o saneamento adequado em suas escolas.

Para assegurar o direito a esses recursos em escolas de educação básica do Semiárido brasileiro, foi criada a campanha Vim para UNICEF. O Vim é um desinfetante em gel criado pela Unilever que tem como missão erradicar as doenças causadas pelos germes. O produto tem ajudado na conscientização sobre a importância de manter bons hábitos de higiene. A cada frasco comprado nos pontos de venda do país, serão doados R$ 0,50 para ajudar as crianças do Semiárido brasileiro.

Desde 2012 a iniciativa Vim para UNICEF vem colaborando com a melhoria do saneamento em prol de milhares de crianças em vários países.

De acordo com Gary Stahl, representante do UNICEF no país, quando uma criança tem acesso à água de qualidade e saneamento adequado em sua escola,  criam-se condições para que outros direitos fundamentais sejam assegurados. “Ela será uma criança com mais saúde, dignidade e melhores condições de aprender. O impacto não se dá apenas sobre ela, mas também sobre a família e a comunidade onde vive”, explica.

Por meio de reformas e cuidados especiais em relação à água, a campanha Vim para UNICEF pretende ser a maior ação social digital já feita no Brasil. Para isso, doações de dinheiro podem ser realizadas por meio do brandchannel Vim para UNICEF. Vale a pena participar, ajudar e se engajar nas redes, para que juntos, façamos parte desta luta que está só começando.

Afinal, para que um ambiente educacional funcione bem, todo cuidado e atenção são bem-vindos, principalmente no que diz respeito à estrutura onde eles, que são o presente e o futuro do país, vão aprender, sonhar e crescer.

O projeto já ajudou cerca de 600 mil pessoas, em países como Gambia, Gana, Nicarágua, Nigéria, Paquistão, Filipinas, Sudão e Vietnã. Venha fazer parte desta luta e vamos todos #JuntosPeloSaneamento!

Por Thamirys Teixeira

Comente