Menina de 5 anos salva mãe epilética com ligação

Com apenas 5 anos, menina deu todas as orientações necessárias para socorrer a mãe durante um ataque epilético
emergência crianças

Foto - Reprodução/DailyMail

Você já ensinou aos seus filhos como ligar para a polícia ou para a emergência em casos de risco à saúde? Foi graças a este pequeno e rápido ensinamento que esta britânica teve sua vida salva pela sua filha de apenas 5 anos.


A história aconteceu em 2012, no Reino Unido, com Loretta Addison, de 28 anos. Loretta sofre de epilepsia e é mãe da pequena Ellemae e Sophia, na época com três meses de idade. A história de coragem começou quando a mãe estava sozinha com a filha e o bebê em casa. De uma hora para outra, Loretta começou a sofrer de um forte ataque epilético, deixando a garotinha de 5 anos em pânico.

emergência crianças

Foto - Reprodução/DailyMail

Ao se deparar com a situação, Ellemae agiu rápido e friamente. Ela ligou para o serviço de emergência e narrou tudo o que a mãe estava fazendo, inclusive dizendo que se tratava de um caso de epilepsia.

Os paramédicos rapidamente chegaram ao prédio da família. A garota recebeu os profissionais e os guiou ao apartamento, que foi levada ao hospital e medicada.  Não muito tempo antes do ataque, a mãe orientou a filha a como chamar a ambulância caso algo estranho acontecesse. Segundo  mulher, ela nunca sentiu que a garota estava realmente prestando atenção, mas para a sua surpresa a menina estava mais do que atenta.

emergência crianças

Foto - Reprodução/DailyMail

 

Hoje, três anos depois, a gravação da garotinha está sendo usada pelo governo britânico para promover uma campanha que incentiva os pais a orientarem seus filhos sobre como agir em casos de emergência.

É importante orientar as crianças

Segundo uma pesquisa do site Mumsnet, de 757 pais, apenas 37% já chegaram a orientar seus filhos a como agir em situações de risco. Os outros 46% disseram não ter ensinado os filhos por acharem que eles não são maduros o suficiente para entender.

Os dados são de uma pesquisa internacional porém podem servir de exemplo para a nossa realidade. O caso acima é um grande exemplo de como uma pequena conversa pode ajudar a salvar vidas.

Oriente seus filhos e converse com eles sobre as possíveis situações que podem exigir uma ligação de emergência. Esta pequena atitude pode fazer uma grande diferença.

Serviço:

Os números de emergência são os mesmos em todo o país. As ligações são de graça, podem ser feitas mesmo de um celular sem crédito, ou se a conta não tiver sido paga. O 193 é o telefone dos Bombeiros. Para chamar ambulância para alguém doente o número é o 192. A Polícia Militar atende o 190. 

Por Thamirys Teixeira

Comente

Assuntos relacionados: emergencia policia epilepsia