Dicas para as crianças jogarem Pokémon Go em segurança

Jogo é febre mundial e foi lançado ontem no País - Saiba como proteger as crianças dos perigos reais
Pokémon Go segurança

O jogo estimula a caminhada e a interação social, porém exige atenção e orientação dos pais. Foto: Reprodução/mommypoppins

Pokémon Go foi lançado no Brasil após muita espera de seus fãs, pessoas de todas as idades que estavam ansiosas para capturar seus próprios “monstrinhos de bolso”. O jogo utiliza a realidade aumentada e a localização geográfica (GPS) para transportar a pessoa para o universo do desenho, usando o mundo real. 

O objetivo do jogador é caminhar para encontrar os Pokémons e outros itens. Apesar de muito divertido, o jogo oferece perigos virtuais e reais, principalmente para as crianças. Por isso, algumas providências e orientações de segurança precisam ser passadas para as crianças antes que elas saiam por aí em uma caçada de Pokémons.

Veja abaixo orientações importantes para jogar Pokémon Go com segurança:


1. Cuidado com estranhos

O jogo envolve interação com outros jogadores na vida real, em áreas chamadas de ginásios e Pokéstops. Neste locais ocorrem as batalhas entre Pokémons e a compra dos itens, respectivamente. Os criminosos podem se aproveitar disso para roubar as vítimas. Por isto, caso não possa supervisionar a criança, sempre a oriente a sair em grupos de amigos. Também é importante orientar as crianças a tomarem cuidado com pessoas que venham a abordá-las nas ruas para trocar experiências sobre o jogo, que pode ser uma fonte de assunto para conversas.

2. Se necessário, use rastreamento de localização

Caso o seu filho estiver jogando sozinho e fora de casa, utilize um aplicativo para monitorar a sua localização. Alguns aplicativos podem ajudar os pais a acompanharem seus filhos durante a caçada. Um deles, o Norton Family Premier (disponível para iOS e Android) acompanha a criança com coordenadas de seu GPS em um mapa. Já outros aplicativos, como o Buddyway, Instamapper e Where's My Droid ajudam a encontrar o telefone perdido e podem ser úteis no caso se perca o contato com a criança.

Pokémon Go segurança

Foto: Reprodução/mommypoppins

3. Estabeleça limites

Para capturar os Pokémons, é necessário caminhar pelas ruas. Estabelecer limites para que as crianças não explorem locais muito afastados sozinhas é importante. Seja firme para que elas não quebrem essas "barreiras".

4. Fique atento à “Lure” de estranho

O “Lure” é um item que serve para atrair Pokémons a Pokéstops. Quando um jogador utiliza o item, todos os usuários próximos conseguem ver e se aproveitar deste recurso. É possível que criminosos o usem para atrair vítimas a um local. Oriente as crianças sobre este perigo e defina um local seguro (ex.: um shopping próximo) para que elas possam brincar tranquilamente.

5. Controle as compras dentro do aplicativo

Assim como muitos outros jogos, o Pokémon Go oferece compras dentro do aplicativo e os pais precisam supervisionar esta opção de perto por meio de um controle parental no dispositivo. No caso do iOS, a Apple possui um recurso chamado “Pedir para Comprar”, que irá alertar sempre que alguém da família tentar comprar ou baixar algo e lhe pedirá permissão. Já para dispositivos Android, o Google Play Store possui uma opção de autenticação para compras dentro de aplicativos. Mantenha sempre estas opções ativadas.

6. Oriente as crianças quanto a outros perigos reais

É preciso tomar cuidado para que a criança não atravesse a rua sem olhar, por exemplo. Passar por lugares inseguros, escuros ou desconhecidos também deve ser evitado.

Por Thamirys Teixeira

Comente