Bonecas para se apaixonar

Bonecas Suppa

Divulgação

Pense numa boneca que não fala, não chora e nem toma mamadeira. As “Donas” são bonecas para adultas. Criadas numa parceria entre as designers do Estúdio Colírio e a artista plástica Vivian Suppa, elas tem personalidade forte e, como muitas mulheres, encantam já no primeiro olhar.

O fascínio pelas bonecas é coisa antiga. Não importa se bebês, Barbies ou Susies, meninas e mulheres sempre se encantaram por essas reproduções da realidade em plástico ou pano. As gracinhas da Suppa+Colírio conseguem ser ainda mais ‘(im)perfeitas’ nessa combinação com o mundo real.

Isso porque representam cinco mulheres de personalidades completamente diferentes - e pra lá de modernas. Marina Siqueira e Teresa Guarita, juntamente com Suppa, avisam que o brinquedinho, lançado em dezembro do ano passado, é mesmo para as crescidinhas. E a explicação vem do tempo em que as bonecas emborrachadas nada traziam para que gerações inteiras se identificassem. As pernas eram muito compridas e as caras sempre bem maquiadas.

As ‘Donas’ passam longe da receita de perfeição - são de verdade, com defeitos e qualidades, têm histórias de vida recheadas de tropeços e acertos, como qualquer mulher. E como ninguém é igual, a regra vale para elas, que tem figurino e visual próprios.

‘Madona’ é a moça casada, mãe. O marido acha que ela é feliz e ela é otimista. ‘Peladona’ também é mãe, mas separada. Namora e não quer saber de casar de novo tão cedo. ‘Donadesi’ é uma solteira e descolada, fez produção independente. É cineasta por formação, mas hoje vende salgadinhos nos bastidores para sustentar o filho. ‘Donadinha’ é a solteira e sem filhos que vive na balada - ou na expectativa de o telefone tocar para saber qual vai ser a próxima. E ‘Donadela’ é a representante gay do grupo. Muito bem casada, obrigada.

Todas têm 60 centímetros de altura e são feitas em tecido. O vestuário de cada uma segue o mesmo padrão de estampa: um desenho ovalado inspirado em uma foto da vagina!

O Vila Compras separou trechos da ‘história’ de cada uma delas e tem certeza que você vai se identificar por pelo menos uma. Com a ‘toy-art’ está em alta, não se preocupe. Até os marmanjos vão perdoar a recaída.

PELADONA

”Dizem as más línguas que eu já passei da idade de usar mini-saia e decote, de namorar garotão, de passar a noite fora de casa. Eu acho que já passei da idade é de ficar dando bola para o que os outros vão pensar. (...) Quero mais é um namorado sarado, que me traga champanhe gelado e me faça massagem nos pés”

MADONA

”Sou uma típica 3 em 1. Nunca ouviu falar? Você leva a mulher e ganha grátis a mãe e a executiva, onde estão incluídos também os serviços de motorista, carregadora de tralha, entre outros. Meu marido me chama de supermulher mas, na maioria das vezes, eu acho que tô mais para supercansada, superacabada, superdescabelada. (...) Já que loucura pouca é bobagem, tive uma Idéia: vou ficar grávida de novo”

DONADESI

"A minha relação comigo mesma é ótima, quase nunca brigamos. E ainda tive tempo pra dedicar noites e noites em claro à minha carreira de cineasta, o que justifica o fato das bem-solteiras quase sempre acumular o posto de bem-sucedidas. (...) Até ano passado éramos só nós dois, mas aí eu resolvi encarar uma produção independente”

Bonecas Suppa

Divulgação

DONADINHA

"Não sou encalhada. Não sou mal-amada. Sou uma mulher avulsa. Saio com quem eu quero e, geralmente, volto com quem eu não quero. Mas isso é detalhe. O importante é não alimentar a síndrome da solteirona a perigo. Perigo, minha gente, é o grau de exigência atingir níveis estratosféricos a perder de vista”

DONADELA

"Sou a mulher mais feliz do mundo desde que assumi, de uma vez por todas, que peito peludo não me dá arrepios. Prontofalei. Nesse mesmo dia fiz uma cópia da chave do meu apê para a minha namorada. Ela sim me dá arrepios e outras cositas mais que não vem ao caso”


As fofíssimas custam R$ 120 estão à venda nas lojas Esencial, Camelô e na livraria Pop, em São Paulo, e também podem ser encomendadas pelo telefone (11 3816 2382, no Estúdio Colírio) ou via Internet, no site da Suppa (www.suppa.com.br).

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: toy art bonecas boneca de pano camelô esencial