Aproveite a volta às aulas para rever os alimentos da lancheira

lancheiravolta as aulascrianças

Foto - Shutterstock

Desenvolvido pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, o programa Meu Pratinho Saudável alerta pais e responsáveis para os cuidados na escolha dos alimentos que irão compor a lancheira das crianças na volta às aulas.

Refrigerantes, bolos, doces e frituras, ricos em açúcar e gordura, devem ser substituídos por alimentos mais saudáveis, ricos em nutrientes para manter a disposição durante a aula e a concentração nos estudos (veja sugestões de cardápio abaixo).

Segundo a médica Elisabete Almeida, coordenadora do programa, um bom lanche entre as refeições, principalmente no intervalo entre as aulas, garante o um bom funcionamento do metabolismo, digestão e absorção dos nutrientes.

Ela alerta que os lanches devem conter pelo menos um alimento rico em proteínas, um alimento rico em carboidratos e um alimento de origem vegetal, podendo ser frutas, verduras ou legumes.

Além disso, os lanches intermediários da manhã e tarde, devem suprir de 10% a 15 % das necessidades nutricionais diárias, variando conforme o consumo alimentar nas demais refeições principais. "É importante também incluir uma garrafa de água para que a criança possa consumir durante a aula, garantindo a necessária hidratação", diz a especialista.

Confira exemplos de cardápios para lancheiras saudáveis:

1- 200 ml de bebida a base de soja sabor chocolate; 1 bisnaguinha com creme vegetal; 1 banana maçã.

2- 180 ml de bebida láctea sabor pêssego; 4 biscoitos tipo cream-cracker; 1 ameixa vermelha

3- 1 caixinha de água de coco, 2 fatias de pão de forma integral; 1 colher de sopa de patê de ricota temperada; 1 fatia de melancia cortada em cubinhos.

4- 200 ml de suco natural de manga; 1 bisnaguinha; uma fatia de queijo branco; 1 maçã pequena

5- 1 caixinha de água de coco; 4 biscoitos tipo maisena; 1 queijo processado; 1 cacho pequeno de uva

Os lanches indicados têm entre 217 e 300 calorias e as quantidades podem variar conforme a necessidade de cada criança.


Por Vila Mulher

Comente