Vacinas para bebês prematuros

Bebê na incubadora

Existe uma série de cuidados após os bebês prematuros saírem do hospital, principalmente no que se refere ao calendário de vacinas. Depois do segundo mês é imprescindível que o pequeno receba a dose da conjugada 7-valente, única no mercado para a prevenção das doenças pneumocócicas, que incluem meningite e pneumonia. Isso porque, estes bebês têm quatro vezes mais chances de ter essas doenças, conforme a infectologista Rosana Richtmann, do Hospital Emílio Ribas.

"Esses bebês têm direito a tomar gratuitamente a vacina que previne o problema. Mas nem sempre os pais são informados disso ao deixar a maternidade e muitos nem sabem da importância dessa vacina, já que a meningite pneumocócica é a mais letal das meningites", alerta. Desde o ano passado, o acesso à vacina pneumocócica foi aumentado de crianças nascidas a partir de 29 semanas para todos os bebês com menos de 35 semanas de nascimento.

Os pais podem encontrar a vacina pneumocócica conjugada 7-valente nos 39 CRIE (Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais) espalhados pelo país. "Além de crianças prematuras, bebês com síndrome de Down, asma grave, entre outros, também poderão tomar gratuitamente a vacina", lembra Rosana.

O bebê prematuro tem um calendário especial de vacinação que pode ser encontrado no site da Sociedade Brasileira de Imunizações (http://www.sbim.org.br/)

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: filhos bebês bebê prematuro