Tudo sobre a amamentação sob livre demanda

A atriz Sophie Charlotte, que há dois meses teve seu primeiro filho, Otto, com o ator Daniel de Oliveira, revelou que tem seguido o procedimento de livre demanda para alimentar a criança
sophie charlotte amamentação

Foto: Reprodução

Amamentar um filho é prestar atenção em suas necessidades. E é isso que a mamãe de primeira viagem Sophie Charlotte está fazendo ao optar pela amamentação por livre demanda. Você conhece?

A amamentação por livre demanda é o ato de dar de mamar para o bebê por quanto tempo a mãe e o bebê quiserem, ignorando as conhecidas regras de amamentar os recém-nascidos de três em três horas, por exemplo.

A livre demanda evita as técnica rígidas nos cuidados com o bebê, como o treinamento de sono (como aquela famosa que recomenda que se deixe o bebê chorando), por exemplo. Amamentar sob demanda é atualmente a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e estimulada pelas Sociedades Americana e Brasileira de Pediatria e é por isso que está sendo tão bem aceita pelas mamães ultimamente.

Veja abaixo tudo sobre a amamentação sob livre demanda:

Maior produção de leite

Amamentar de três em três horas pode atrapalhar a produção de leite de algumas mulheres. Algumas mães já relataram que este intervalo fez com que seus bebês mamassem pouco, o que estimulou uma menor produção de leite - que precisa ser corrigida com complementos.

Ritmo do bebê respeitado

De acordo com o pediatra espanhol Carlos González, isso traz alguns benefícios muito importantes para o desenvolvimento do bebê e para o bem-estar da mãe. Por exemplo, as crianças perdem menos peso além de terem a ingestão de alimentos regulada conforme a sua fome, o que é superimportante na prevenção da obesidade no futuro.

Mais vínculo

Dar o peito, além de alimentar, fornece segurança, carinho, intimidade e prazer tanto para a mãe quanto para o bebê. Por quanto mais tempo isso acontecer, melhor!

Não é todo choro que significa fome

Sempre que seu bebê chorar você vai precisar dar de mamar? A resposta é não! Quando o bebê nasce é difícil identificar por que ele chora, mas depois fica mais fácil saber quando é fome, frio ou até dor de barriga.

Não se desespere com as horas sem mamar

Muitas mulheres tem dúvidas quanto ao tempo que o bebê pode ficar sem mamar. Em tese pode ficar quanto tempo quiser. Isso significa que, se o seu bebê estiver com a saúde normal e ganhando peso e altura normalmente, você não precisa acordá-lo de noite também e pode deixa-lo dormir até que desperte naturalmente.

Por Thamirys Teixeira

Comente