“Sapinho” em bebês

“Sapinho” em bebês

O Sapinho, comum em bebês de até 6 meses, é uma infecção fúngica bucal. É causada por um fungo (cândida albicans) semelhante a uma levedura que igualmente é responsável pela Candidiase.

Os sintomas aparecem como pontos brancos em forma de placa nas gengivas, a parte interna das bochechas, céu da boca e os cantinhos dos lábios. Quando esses pontos são cutucados ou arranhados, forma-se uma área vermelha e inflamada que pode sangrar.

Desequilíbrio na flora bucal e objetos levados à boca, hábito tão comum na fase oral, são os responsáveis pela contaminação. Ao diagnosticar a doença, o tratamento com antifúngicos precisa ser feito o mais breve possível, pois a dor causada no momento da mamada pode fazer com que o bebê perca o apetite. Fique de olho também se há contaminação no seu bico de seio, pois nesse caso será necessário passar uma pomada.

Alguns cuidados podem prevenir o “sapinho” no seu bebê: lave bem as mãos quando for cuidar do bebê e mantenha o hábito de limpar os objetos como mamadeiras, mordedores, brinquedos e chupeta; não deixe que seus seios fiquem úmidos muito tempo, seque-os entre as mamadas; faça sempre a higiene da boca do bebê.

Lembre-se o tratamento deve ser prescrito pelo médico. Caso você observe outros sintomas além do sapinho, como febre, tosse ou problemas estomacais, não hesite mesmo em consultar o seu médico, pois pode ser um sinal de comprometimento do sistema imunológico.

Por Karina Conde

Comente