Precisando contratar uma babá?

Com a correria do dia-a-dia é muito difícil administrar o tempo para conseguir ser mãe e ainda trabalhar fora. Por isso, muitas mulheres se vêem obrigadas a contratar uma pessoa para cuidar do seu filho. O que não é tarefa fácil.

“Lá na cidade que eu trabalhei não se assina a carteira. Meus patrões mudaram de país. Fui assaltada e levaram minha carteira antiga, onde estavam as referências. Mas, foi assaltada e não fez Boletim de Ocorrência?”

Essas são algumas das desculpas mais usadas pelas profissionais para conseguir um emprego sem ter que apresentar nenhuma referência. Por isso, fique muito atenta na hora da seleção. De acordo com um levantamento feito pela Rede Kanguruh, empresa especializada em contratação de babás, das 6 mil fichas de contratação, 28% mentiram sobre suas referências e 15% possuíam fichas com antecedentes criminais.

Antes da contratação, a checagem dos antecedentes criminais em âmbito nacional e uma boa entrevista são essenciais. Prolongue a conversa o máximo que puder, e tente repetir as perguntas mais pertinentes em momentos distintos para ver se ela cairá em contradição. Afinal, elas estarão cuidando do seu bem mais precioso.

Veja aqui algumas dicas importantes na hora de contratar a babá do seu filho.

  • Verifique com muito cuidado as referências dadas pelas profissionais. Busque o máximo de informações sobre os ex-empregadores, não aceite apenas um número de telefone. Procure saber o endereço dessas pessoas e se possível, vá pessoalmente ao local conferir se todas as informações passada são reais.
  • Desconfie de números de celulares para checar as referências. Esses aparelhos podem estar na mão de algum parente, amigo, vizinho ou irmã da futura babá e você não saberá se aquela informação é confiável ou não.
  • Faça a verificação dos antecedentes criminais em esfera nacional. Pois é possível ter um passado criminal em uma cidade ou estado e arrumar emprego em outra. Faça essa averiguação de tempos em tempos.
  • Preste atenção nos sinais que o seu filho dá. Avalie constantemente a babá e sua postura perante a criança.
  • Comente