Polêmica faz Rede Globo parar de usar bebês recém nascidos em novelas

Entenda por que a emissora parou de usar bebês com menos de três meses nos sets de filmagem
bebê ritinha a força do querer

Foto: Reprodução/TVGlobo

A Rede Globo passou a utilizar cada vez menos bebês, optar por bebês maiores e quando possível utilizar bonecas ou efeitos especiais, após uma tragédia durante a gravação de A Força do Querer. Em abril, conforme revelou o jornalista Léo Dias no jornal “O Dia”, durante uma gravação da novela no Pará ,um bebê de três meses sofreu hipotermia e precisou ser internado após gravar uma cena próxima a um rio.

Os funcionários envolvidos na gravação foram suspensos, de acordo com o jornalista. E a emissora afirma que forneceu todo o suporte a família do bebê, que chegou a correr risco de morte. Desde então, a Rede Globo tem sido muito mais cuidadosa nas gravações que fazem com bebês e utilizar bebês maiores em suas gravações.


Isto levou à polêmica do parto de de Ritinha (Isis Valverde), que já teve um filho "grandinho". Os telespectadores reclamaram da falta de realismo da cena e a a diretora Maria de Medicis, atualmente trabalhando em “Rock Story”, explicou o que acontece. Dá só uma olhada: “Muita gente reclamando do tamanho dos bebês em novelas. Hoje em dia a lei é muita mais rigorosa com relação a participação deles. E isso é ÓTIMO! Um set tem no mínimo 60 pessoas, ar-condicionado, poeira. Portanto, um ambiente onde um bebê de menos de 3 meses NÃO DEVE transitar”, disse ela.

bebê ritinha a força do querer

Foto: Reprodução/TVGlobo

bebê ritinha a força do querer

Foto: Reprodução/TVGlobo

A afirmação foi feita em seu perfil no Twitter. “Sempre achei um absurdo ter bebês de menos de 3 meses num set. É perigoso. Mas hoje em dia isso virou lei. E finalmente os bebês têm limite de tempo de gravação e de idade para gravar”, completou a profissional.

A autora Gloria Perez, também se manifestou: “O bebê tem 2 meses. Por mim seria maior! Amo quando usam o boneco. Antes de pensar em realismo, lembrem que ali está uma criança, como o filho de vocês”.

Agora a regra e a justiça são claras: nada de recém nascidos nos sets de filmagem - Ainda bem!

Comente