Papinhas para bebês

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Papinhas para bebês

Foto/Divulgação Mestre Cuquinha

Uma alimentação balanceada e rica em nutrientes é essencial, principalmente na primeira infância. É nesta fase que o sistema imunológico das crianças se desenvolve. Com a correria do dia a dia fica difícil ter tempo para preparar papinhas e comidinhas para os filhotes. E claro que nenhuma delas quer que a saúde do seu bebê seja prejudicada. Foi pensando nisso que a nutricionista Tatiana Siqueira de Miranda Leão criou o Mestre Cuquinha.

A fábrica de comidas caseiras para bebês e crianças teve início em 2004. A fundadora trabalhava na ala de pediatria do Hospital Albert Einstein, quando teve a idéia de desenvolver o projeto. "Percebi que não havia no mercado opções prontas saudáveis para bebês, então criei as receitas balanceadas de acordo com as necessidades dos pequenos, tudo natural, sem conservantes, corantes ou espessantes", diz Tatiana Leão.

O segredo da fundadora para preservar os nutrientes dos alimentos é a refrigeração. Assim que o alimento fica pronto, é congelado. Esta medida interrompe o processo de cozimento das comidinhas, conservando os valores nutricionais. "No Mestre Cuquinha nós utilizamos um ultracongelador industrial que resfria em 30 minutos", afirma a nutricionista.

Tatiana garante que a escolha dos alimentos é feita com muito cuidado. Revela, também, que este é um dos segredos da qualidade do produto. "Para balancear a receita, procurei utilizar ingredientes de vários grupos, raízes, tubérculos, verduras, legumes e carnes, para assim garantir variedade de cores, sabores e suprir as necessidades nutricionais de acordo com a idade", conta.

A partir dos sexto mês de vida, a mãe deve começar a oferecer outros alimentos além do leite materno para suprir as necessidades do bebê, principalmente a carência de ferro. A nutricionista explica que é neste processo de desmame que a criança vai formar os seus hábitos alimentares. Este procedimento deve ser realizado de forma vagarosa, substituindo, aos poucos, as mamadas.


"Primeiro uma das refeições é substituída por suco de fruta, depois por frutinha amassada. Quando o bebê acostumar, iniciamos sopinha no almoço e, mais tarde, no jantar também, sempre mantendo a amamentação nos horários intercalados", sugere Tatiana Leão.

O Mestre Cuquinha oferece em seu cardápio alimentos para crianças entre seis meses e seis anos de idade. Entre os "pratos" estão sopinhas com e sem pedacinhos, além de papinhas de frutas e refeições diferenciadas para os mais crescidinhos.

Por Bianca de Souza (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente