Papinhas de alimentos orgânicos

Papinhas de alimentos orgânicos

Foto/ Divulgação Quintal dos Orgânicos

Os alimentos orgânicos são aqueles que não utilizam agrotóxicos em seu cultivo. Segundo Nardi Davidsohn, administrador do Quintal dos Orgânicos, a criança que consome alimentos orgânicos desde pequena desenvolve melhor o paladar e tem a possibilidade de apreciar o real sabor dos alimentos cultivados sem produtos químicos.

Podemos destacar pelo menos três grandes vantagens iniciais dos orgânicos em relação aos demais alimentos, de acordo com Davidsohn. "A primeira delas é o fato de estar consumindo alimentos sem agrotóxicos. A segunda vantagem está relacionada à vitalidade daquele produto. Por ser um alimento vivo, sem químicos, o consumo do orgânico é fundamental para desenvolver o hábito da alimentação saudável durante o crescimento e o desenvolvimento da criança. O terceiro elemento desta questão é o paladar, uma vez que o alimento orgânico tem mais sabor efetivamente e assim desperta o interesse do bebê pelos alimentos," lembrou Davidsohn.

Consumir alimentos orgânicos desenvolve melhor o paladar da criança além de ter um impacto direto na saúde. Pesquisas médicas já mostraram a relação entre alguns tipos de doenças com os produtos químicos que são consumidos em alimentos industrializados. Mas para consumir produtos orgânicos exigem cuidados também, tanto no preparo e na escolha dos alimentos.

Segundo Davidsohn , é preciso verificar a procedência e a qualidade do produto. Em relação aos cuidados na preparação e conservação das papinhas orgânicas e tradicionais, as dicas são as mesmas. "A principal diferença é que o orgânico tem maior durabilidade, é menos perecível do que o alimento convencional. Para o armanezamento, a mãe ou responsável deve ter o cuidado de guardar na geladeira ou congelar para o caso de utilizar a preparação nos dias seguintes," explicou.


Na hora de preparar a papinha para seu bebê é preciso observar a recomendação por faixa etária, alerta a chef Adriana Haddad. O alimento deve ser introduzido respeitando a idade da criança, e neste caso é melhor conversar com o pediatra da criança. A chef Adriana Haddad, responsável pelo curso de papinhas no Quintal dos Orgânicos dá algumas sugestões de receitas que seguem abaixo:

Purê de cenoura

Cozinhar algumas cenouras no vapor, bater no processador com um pouquinho de azeite. Para uma variação, pode fazer metade em cenoura, metade em abobrinha. Esse tipo de purê de cenoura é bom também para os adultos. É possível servir com uma salada e até de molho com uma massa integral e um pouquinho de gergelim.

Purê de Damasco com Maçãs

3 Maças cortadas e descascadas, 6 damascos secos, água suficiente para cobrir

Leve ao fogo baixo porque cozinha bem rápido. Em seguida, basta processar e provar. Se congelado, é possível consumi-lo como sorvete.

Banana e ameixa seca com aveia

6 colheres de água, 1 colher de sopa de aveia, 1ameixa seca, 1 banana prata amassada

Cozinhe em fogo baixo a aveia e a ameixa com água. Amassar a banana. Dependendo da fase do neném, você pode deixar a mistura em pedaços ou processá-la. Outra combinação possível seria o uso de figo seco.

Por Catharina Apolinário

Comente

Assuntos relacionados: filhos bebês orgânicos