Ouvir a voz da mãe salva vida de bebê prematuro

O bebê que só tinha 20% de chances de sobreviver se recuperou ouvindo a voz da mãe todos os dias
bebê prematuro voz mãe

Foto - Caters News Agency

Ouvir a voz da mãe lendo um livro infantil foi o que salvou a vida de uma pequena bebê prematura. Ava Allen nasceu após apenas 26 semanas de gravidez, com uma doença pulmonar rara.


Para que ela sobrevivesse foi preciso que se submetesse a operações de emergência para que pudesse respirar. Segundo os médicos para a mãe Vicky, de 20 anos, nenhuma criança tão nova jamais havia sobrevivido a uma experiência como esta. O segredo? Ouvir a voz da mãe durante a recuperação.

De acordo com informações da agência Caters News, devido à Vicky não poder se quer abraçar a filha por 15 longas semanas, a saída para transmitir carinho foi a leitura. Ao ouvir frequentemente histórias da pessoa que mais amava no mundo, a frequência cardíaca da garotinha começou a se estabilizar lentamente até que alcançasse o nível normal.

bebê prematuro voz mãe

Foto - Caters News Agency

O motivo da menininha ter nascido tão cedo foi a falta de conhecimento da mãe sobre a própria gravidez. Ela apenas descobriu que estava esperando Ava quando desmaiou no trabalho e exames apontaram que ela estava grávida a 25 semanas. Que loucura, não é?

Parte do milagre da recuperação da garotinha se deu por conta do trabalho incessante dos médicos, que fizeram mais de duas cirurgias delicadas no bebê. Além disso, outro fator crucial foi a leitura da mãe.

bebê prematuro voz mãe

Foto - Caters News Agency

Um estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences já indicou que bebês prematuros se beneficiam de ouvir o som da voz da mãe. Isto porque a fala materna ajuda o bebê a superar suas dificuldades de desenvolvimento neurológico e entre outras complicações.

Hoje, mãe e filha vivem saudáveis e felizes!

Por Thamirys Teixeira

Comente