Importância do teste do pezinho

Importância do teste do pezinho

Um único furinho no calcanhar do seu bebê pode detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas, infecciosas ou que irão causar alguma alteração no desenvolvimento neuropsicomotor da criança.

De extrema importância para a saúde do bebê o teste do pezinho deve ser feito entre as primeiras 48 horas até o sétimo dia de vida. “Com o exame você detecta precocemente doenças que poderiam causar seqüelas físicas e mentais irreparáveis. Assim é possível começar um tratamento adequado nas primeiras semanas de vida do bebê e evitar conseqüências graves no futuro, antes mesmo do aparecimento de algum sintoma”, explica a pediatra Keiko Teruya.

Para as futuras mamães que não sabem, o teste do pezinho é obrigatório por lei. O Programa Nacional de Triagem Neonatal - PNTN garante que toda criança nascida em território nacional tem direito ao teste do pezinho básico, totalmente gratuito. Através do Teste podem ser diagnosticadas doenças como a Fenilcetonúria, o Hipotireoidismo Congênito, a Anemia Falciforme e demais Hemoglobinopatias (doenças do sangue).

Além do teste básico do pezinho, outras duas versões mais elaboradas podem ser encontradas, o ampliado e o completo. Esses dois procedimentos são pagos e o valor varia dependendo do local onde for realizado o teste.

Comente

Assuntos relacionados: saúde teste do pezinho