Filhos gêmeos

Filhos gêmeos

Divulgação

Ter um filho gera milhares de dúvidas. Imagina então quando se tem dois ou mais de uma vez só? Exatamente para ajudar as mães de gêmeos ou múltiplos os pediatras Renata Dejtiar Waksman e Cláudio Schvartsman escreveram o livro "Filhos Gêmeos".

Para a publicação, uma equipe de 53 especialistas ligados ao Departamento Materno Infantil do Hospital Albert Einstein, de São Paulo, foi ouvida. O livro aborda temas como os cuidados na gestação, a preparação da casa para a chegada, o nascimento, os primeiros dias de vida e o desenvolvimento das crianças.

O Vila Filhos conversou com Renata e ela explicou que a idéia de fazer o livro surgiu porque não existia nenhum livro em português que tratasse do tema. "Queríamos falar sobre saúde, crescimento, desenvolvimento, rotina e dia a dia dos bebês e só existiam livros de auto-ajuda com esse tema."

O livro fala de tudo o que envolve o nascimento de mais de um bebê de uma vez, como particularidades da gestação, possível nascimento prematuro e as complicações que podem vir a aparecer. Além disso, dá dicas de como organizar a casa e a família para quando os bebês chegarem. "Especialmente no caso de múltiplos é necessário montar praticamente uma equipe e ter os equipamentos certos."

Renata adiantou para o Vila algumas dicas do livro. Em primeiro lugar, é importante ter consciência da individualidade de cada uma das crianças. "Desde pequenos cada um tem seus gostos, preferências, aptidões e facilidade. É importante respeitar isso sempre."

A pediatra conta que o livro não dá soluções definitivas, mas aponta as alternativas para dúvidas das mães de assuntos como, por exemplo, o clássico "Devo vestir os gêmeos de forma igual?"

Além disso, dá também dicas de organização de como montar uma rotina para os filhos, com horários para os dois ou mais, etc. "Uma dica muito legal, especialmente quando eles são muito pequenos, é fazer uma tabela para ir marcando qual bebê já teve a fralda trocada, que horas mamou e assim por diante. Senão, no meio da confusão, pode acontecer de um bebê mamar duas vezes e outro nenhuma."


Ainda sobre respeitar a individualidade, Renata tem uma dica bem legal. "Eles precisam ter atenção igual e individual. Uma coisa boa para se fazer é ‘o dia do filho único’ quando a mãe sai com um de cada vez. Assim, a criança tem um dia só dela."

O livro, da editora Publifolha, custa R$ R$ 39,90.

Por Larissa Alvarez

Comente