Enxoval do Bebê

enxoval

foto divulgação

Toda mamãe grávida que se preza, fica um pouco ansiosa e atarefada com os preparativos da chegada do bebê. São tantos detalhes, decoração do quarto, lembrançinhas, enfeites e um dos itens mais importantes, o enxoval.

A empresa Anjinho Enxovais surgiu a partir de uma história interessante.

O trabalho começou com uma mãe que enfrentou muitas dificuldades para levar a adiante suas gestações. Durante diversas tentativas de assumir o papel de mãe, Dinah Draugelis, se concentrava em preparar os enxovais, mesmo sem saber se chegaria ao final da gestação.

Depois de ter alcançado o sonho de ser mãe, Dinah, com a prática que adquiriu, resolveu doá-los às gestantes de famílias menos favorecidas em São Paulo e bóias-frias do interior paulista que não tinham condições para organizar os preparativos para o novo bebê.

Com o tempo, Dinah aperfeiçoou os “kits” de enxovais e foi se estruturando para atender outros perfis, como mamães de primeira viagem ou aquelas sem tempo que preferem comprar o enxoval prontinho com os itens básicos da lista.

Além do preço reduzido, os quatro tipos de kits de enxoval podem ser recebidos em casa, o que facilita a vida. O Kit Joaninha, por exemplo, contém 27 itens básicos de um enxoval, sendo que cada peça chega a sair por menos de R$ 2,00. Um valor quase simbólico, considerando os do mercado. O kit tem saída de maternidade, cobertor, toalha de banho, conjunto de casaquinhos, touca e sapatinhos de lã, macacões, culotes, pagãos, calça enxuta, babadores, fraldas de tecido, alfinetes e chupeta com prendedor.

Ainda há o Kit vagalume com 50 peças, o kit Beija-flor com 70 itens. E, o mais completo, o Kit Abelhinha com 90 peças para o nenê, com pantufas, manta, sacola de passeio e muito mais.

Os kits são embalados em uma caixa decorada e finalizadas com um laço de fita. Também é possível escolher a cor do enxoval - rosa, azul, amarelo, branco ou verde.

Os pedidos podem ser feitos por meio do sitewww.anjinhoenxovais.com.br e são entregues em todo Brasil.

Por Karina Conde

Comente