Desmame

Desmame

Quando o bebê faz seis meses começa o período do desmame. Mas mesmo sendo algo natural, que faz parte do desenvolvimento da criança, é comum que as mães tenham muitas dúvidas sobre como devem agir.

A pediatra Keiko Teruya explica que se nada acontecer e forçar o desmame precoce, ele deve ter início naturalmente a partir do sexto mês, mas deve ser feito de forma gradativa respeitando o tempo de cada bebê. A criança pode receber o leite materno até dois anos ou mais se for combinado de forma correta com a comida. "Apesar da importância do leite

materno, a criança precisa conhecer novas cores, o sólido, o pastoso, sugar e mastigar para crescer e se desenvolver."

Keiko explica que a criança acaba demonstrando a necessidade do desmame quando está pronta. "Normalmente ela já está sentando e começa a demonstrar menos interesse nas mamadas, dorme sem mamar, fica mais interessada em outras coisas, busca outras formas de consolo, etc."

A pediatra explica que o primeiro alimento a ser incluído na alimentação é a papinha. "Muita gente indica sopa, mas é melhor que seja como uma papinha, até para a criança se acostumar com a textura mais pastosa."

Keiko dá a receita: a mãe deve escolher três ou quatro legumes e cozinhar bem, junto com a carne de frango bem picadinha. Melhor começar com o frango que é mais saudável do que a carne. Depois que estiver bem cozida, basta amassar.

Ela indica ainda que a mãe sirva junto com a papinha suco de laranja feito em casa. "A vitamina C do suco ajuda o organismo a absorver o ferro que vem da papinha.", explica a médica.

Outro alimento que deve ser inserido na alimentação das crianças é a fruta. Keiko indica que a mãe sirva maçã raspadinha ou banana amassada, por exemplo, como um lanche da manhã.

Outra observação importante da médica tem a ver com as papinhas prontas, ela explica que não há problema em oferecer para as crianças, mas é melhor que a maioria das vezes seja a papinha feita em casa e que a industrializada seja algo somente para dias em que a mãe não teve tempo de fazer ou algo diferente.


Para terminar, ela deixa uma dica importante "No começo é normal a criança recusar a papinha, mas vá com calma, respeite o tempo da criança. O desmame acontece de forma gradativa."

Por Larissa Alvarez

Comente