Cuidados básicos com a segurança do seu bebê

segurança do bebê

foto: Shutterstock

Com o passar do tempo o bebê se torna mais ativo e a sua atenção em relação ao que ele está fazendo deve ser redobrada. Exploradores naturais, esses pequeninos ainda desconhecem os perigos que os rodeiam. Por isso, todo cuidado é pouco.

Apesar do espaço e da liberdade de movimento ser de extrema importância para o desenvolvimento da criança, alguns cuidados serão necessários. Só cuidado para não superproteger demais, pois isso sim será prejudicial para o aprendizado e discernimento do que é certo e errado.

  • Supervisione seu filho o tempo todo, nunca o deixe sozinho;
  • Na hora de dormir certifique-se que ele está em um local seguro, ou está dentro do cercadinho onde não poderá se machucar;
  • Brinque com seu filho na altura que estarão as coisas para ele, assim você poderá perceber o que é ou não seguro, ou o que precisa ou não ser removido daquele espaço;
  • Se o seu bebê já começou a engatinhar e na sua casa existem locais onde ele possa cair, instale portõezinhos;
  • Prenda as portas com barbante ou as mantenha sempre fechadas, evitando assim que seu filho prenda os dedinhos;
  • Se você mora em apartamento, instale redes de segurança nas janelas e terraços;
  • Nunca os deixe sentados no cadeirão sem o cinto de segurança;
  • Se você tem móveis perto da janela, afaste-os. Seu filho pode subir neles para olhar a janela e se acidentar;
  • Instale protetores nos cantos e quinas de mesas e de outros móveis, se houver algum outro móvel que possa virar sobre ele, de um jeito de prende-lo ou então guarde por enquanto;
  • Proteja as tomadas elétricas com capinha ou então coloque móveis um móvel na frente;
  • Guarde objetos cortantes, produtos de limpeza e remédios, utilizando travas de segurança nos armários;
  • Supervisione sempre o seu filho quando ele estiver comendo ou bebendo algo, para ele não se engasgar;
  • Nunca deixe seu filho sozinho na banheira, feche a tampa do vaso sanitário e nunca deixe baldes com água, crianças pequenas podem se afogar facilmente em pouca água;
  • Quando seu filho começar ficar em pé sozinho, verifique se ele consegue subir no berço para sair e o mantenha sempre afastado da janela.
  • Comente