Cuidado ao fotografar seu filho

Cuidado ao fotografar seu filho

Foto: Dreamstime

É comum tirar muitas fotos do filho durante seus primeiros anos de vida. Mas, um estudo realizado na Universidade de Worcester, na Inglaterra, mostrou que compartilhar fotografias digitais pode colocar a criança em risco.

Segundo a pesquisadora Joanne Kuzma, a maioria das máquinas digitais e smartphones estão vindo com uma função já programada, chamada geotag, ou geolocalização. O objetivo da função é mostrar em qual local aquela foto foi tirada.

Desta forma, algumas fotos são publicadas em redes de compartilhamento como Facebook, Twitter e Flicker, com o CEP inserido no rodapé da imagem. Segundo a pesquisadora, grande parte das fotos que pesquisou no site Flicker mostravam o rosto da criança, facilitando o reconhecimento. Além disso, a maioria das fotos eram tiradas em casa ou em locais próximos a residência da família.

""Publicar dados de geolocalização levanta preocupações sobre privacidade e segurança das crianças quando estas informações são disponibilizadas para usuários da internet que possam ter razões dúbias para acessar esses dados," diz ela.

Com os dados encontrados, Joanne facilmente pode montar um mapa com o rosto de cada criança sobreposto à sua residência. Para evitar que seus filhos e suas residências sejam reconhecidas, a pesquisadora recomenda que os pais desativem a função geotag das câmeras e celulares. É a forma mais fácil de proteger os seus filhos.

Por Mariana Benjamim

Comente

Assuntos relacionados: filhos cuidados fotografia bebê geotag