Cueiro ajuda a acalmar os bebês

cueiro contenção útero

Foto - Divulgação

Você conhece o famoso e eficaz cueiro? Ele tem a capacidade mágica de fazer bebês agitados ficarem bem calminhos e dormirem como anjos. Para quem está curiosa tentando descobrir o que é essa fórmula secreta, uma dica: pense nos "charutinhos" que as avós costumavam fazer comas crianças. Os cueiros são bem parecidos com aquilo.

Essa é uma forma muito conhecida pelas mães maduras de dar uma contenção amigável, gentil e familiar para as crianças recém-nascidas. O pano macio e quentinho enrolado no corpo dos bebês e restringindo parte (nada de mumificar a criança) de seus movimentos, faz com que eles se lembrem da barriga da mamãe, quando a placenta fazia a mesma coisa.

Diferentemente do charutinho da vovó, os cueiros feitos hoje em dia são um pouco mais flexíveis, permitindo maior movimentação dos bebês. De acordo com os pediatras, o ideal é colocar o bebê em semiflexão, com os bracinhos na frente do corpo. Mas tome bastante cuidado para não conter demais. Caso fique muito apertado, o cueiro terá o efeito contrário e sua noite de sono vai pelos ares!

Essa técnica é usada, inclusive, em diversas maternidades neonatais, principalmente dentro das incubadoras nas UTIs. Isso mostra como o cueiro não tem qualquer restrição, podendo ser usado em crianças que acabaram de nascer, até mesmo as mais frágeis.

Ok, quero usar. Mas como?

É possível encontrar lojas que vendem os cueiros prontos. Eles são semelhantes às toalhas de banho que vêm com touca, mas nos cueiros ainda são incluídas algumas "perninhas" para facilitar a fixação das voltas de tecido. Caso você não queira gastar dinheiro, você pode fazer o seu próprio usando um tecido macio, flexível e que não solte pelos, como a toalha fralda.

Na hora de enrolar, coloque o pimpolho no meio do tecido aberto e, com as pontas inferiores, puxe-as na diagonal, prendendo o pano logo embaixo do bebê. Faça a mesma coisa com as pontas de cima e, se necessário, você pode dar um nozinho, colocar um pouco de esparadrapo ou algum prendedor (que não machuque o bebê, claro) para arrematar o trabalho.

Achou complicado? Veja o vídeo abaixo com um cueiro pronto e tenha ideias de como fazer o seu:

Os cueiros são ótimos para os pequenos que nascem nas épocas mais frias do ano, por serem mais uma barreira contra a baixa temperatura da noite. Mas a contenção também pode ser usada no calor, com tecidos mais leves e amarrações mais frouxas.

Lembre-se que nem toda criança se adapta bem ao cueiro pressionando seu corpo, mas você pode tentar implementar a medida com seus filhos. E, pode ter certeza, eles vão lhe avisar quando não estiverem se sentindo confortáveis com o cueiro.

Se for o caso, é hora de procurar outros truques para fazê-los dormir bem, como mudança de iluminação ou algum barulho no quarto que os lembre do útero materno (sabia que lá faz um barulho enorme e as crianças demoram a se habituar ao silêncio de casa?).

Com o passar dos meses, vai ficando um pouquinho mais fácil fazer com que os bebês durmam melhor e por mais tempo. Enquanto isso, as mamães precisam se virar nos truques para conseguirem algum tempo de descanso, não é? Nada melhor que apelar para a velha sabedoria de antigamente e dar um toque de modernidade. Corra testar a técnica com seu filhote!


Por Juliany Bernardo (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: bebês cueiro sono bebês