Copinho pode substituir a tradicional mamadeira

Copinho pode substituir mamadeira

Foto: Reprodução

A fonoaudióloga brasileira, Nádia Rodrigues Mallet, do Departamento de Neonatologia do Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), entrou com pedido nos escritórios oficiais de patente, dos Estados Unidos e Europa para patentar um copinho de alimentação à recém-nascidos, desenvolvido por ela para tratar pacientes da Unidade de Terapia Intensiva.

O produto começou a ser pensando na década de 90 e leva em consideração as particularidades do bebê e pode facilmente substituir a mamadeira. Segundo o Instituto, a alimentação de recém nascidos internados por meio de copinhos acontecem há 20 anos. Contudo, os produtos disponíveis atualmente acabam funcionando como um obstáculo maior à alimentação.

A substituição de mamadeiras e chuquinhas foi a medida encontrada para poupar os bebês dos problemas que este tipo de material traz. Muita gente não sabe que chuquinhas e mamadeiras podem causar problemas de fala ao bebê e em muitos casos, desenvolver um problema na arcada dentária.

O novo copinho criado por Nádia, foi desenvolvido para evitar que tais problemas aconteçam, pois foi pensado de acordo com as particularidades do público alvo. Se for produzido em grande escala, o copinho pode se tornar a maneira mais adequada de alimentar bebês.


Atualmente, a criação de Nádia está registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial e algumas empresas já se mostraram interessadas em produzir a invenção!

Por Mariana Benjamim

Comente