Conversa pelo Whatsapp pode ser considerada prova de paternidade

Você sabia que o aplicativo também conta na hora de provar a paternidade?
whatsapp-paternidade

Antes, o exame de DNA era a prova mais eficaz para saber a paternidade de uma criança. Hoje, até o Whatsapp ajuda. O juiz André Salomon Tudisco, da 5ª Vara da Família de São Paulo, considerou as mensagens trocadas por um casal que se conheceu pelo aplicativo Tinder, e o designou a pagar 1, 5 salário mínimo de pensão à gestante.

 

Segundo especialistas, a justiça ainda tem relutância em aceitar provas pela internet, mas devido às conversas, foi difícil negar que o homem fosse de fato pai da criança. Veja trechos anexados à petição:

 

"Mulher: to pensando aqui..

Homem: O que

Homem: ?

Mulher: vc sem camisinha ..

Mulher: e eu sem pilula

Homem: Vai na farmácia e toma uma pílula do dia seguinte

Mulher: eu ja deveria ter tomado

Mulher: no domingo.."

 

E mais essa:

Mulher: Amanha tenho o primeiro pre natal, minha amiga nao vai poder ir comigo.

Mulher: Sera que voce pode ir comigo ?

Mulher: A medica e as cinco e meia.

Homem: Olá....já estou dormindo....bjo

Mulher: Oi Acacio tudo bem? Fui a medica, preciso ficar 10 dias em repouso

absoluto. Minha irma e meu cunhado querem te conhecer. Vc. Pode vir este final

de semana, podemos marcar um almoco ou um jantar ? Beijos

Homem: Bom dia! Fds vou trabalhar! Bjo"

 


Por Helena Dias

Comente