Como lidar com a queda de cabelos no pós-parto?

queda de cabelos no pósparto

Foto - Shutterstock

Há quem diga que a mulher muda de espessura e volume de cabelos a cada 7 anos, com o aumento e baixa de hormônio e idade. Nestas indas e vindas da vida, até a gravidez pode influenciar nos fios e contribuir para a queda capilar.

Isto porque algumas mulheres, após o parto percebem uma queda capilar maior do que o normal. Algumas ganham mais cabelos e acabam com os fios mais fortes e grossos. Outras, as madeixas ficam quebradiças e finas. Isso acontece porque a mãe produz uma quantidade a mais de proteínas, devido à injeção de hormônios que a gravidez proporciona e por que o corpo consome mais vitaminas por causa da amamentação. Cerca de 80% das mulheres passam pela transição que pode durar até um ano, após a gestação.

Caso esteja passando pela fase, fique tranquila que o próprio organismo se reorganiza. Claro que alguns truque de alimentação poderão segurar as madeixas e acelerar o processo de recuperação capilar. Aposte em dietas com semente de abóbora, cereais integrais, folhas verdes escuras, castanha-do-pará. São alimentos ricos em vitaminas e proteínas fortificantes para os cabelos.

Os xampus de manipulação, recomendado por ginecologistas ou dermatologistas, também são uma opção de tratar da queda capilar. De acordo com os especialistas, o ideal é lavar os cabelos com água morna e evitar os banhos quentes que descamam o couro cabeludo e podem entupir os poros capilares com a produção de óleo em excesso.


Por Caroline Sarmento

Comente

Assuntos relacionados: pós parto gestação queda de cabelo parto