Bebês: escolha o presente certo

Bebês escolha o presente certo

Quando a criança é maiorzinha fica fácil agradar no dia das crianças, afinal elas sabem muito bem o que querem. Mas presentear um bebê pode ser mais difícil. Então que tal comprar um brinquedo que ajude no desenvolvimento infantil? A dica é do pediatra Yechiel Moises Chencinski.

De acordo com ele, cada brinquedo deve ser inserido na hora certa para não assustar os bebês, por isso ele preparou uma lista com o que é mais indicado para cada fase, confira e acerte na escolha:

A partir do 3º mês de vida - Nesse período o bebê já começa a "brincar". Ele se interessa por tudo que lhe é mostrado e agita brinquedos ou coisas coloridas e que fazem barulho como argolas, chocalhos e móbiles para saber de onde vem o som.

Do 4º ao 5º mês - O alcance visual dele é maior e mais duradouro e ele aumenta a atração por brinquedos ou objetos que brilham ou fazem barulhos. Quando ele estiver deitado de costas ou sentado, deixe brinquedos macios ao alcance dele para que ele possa agarrar e levá-los à boca (mordedores ou algum outro brinquedo de plástico indicado para essa finalidade). A boca ainda é o centro do seu universo e, com os dentes aparecendo, ele tentará levar muita coisa à ela para "coçar" as gengivas. Cuidados com os bonequinhos muito duros, eles podem machucar a boca do bebê.

Do 6º ao 8º mês - Nessa fase, o bebê começa a se equilibrar sentado. Coloque brinquedos de cores e tamanhos diferentes e que façam ruído, mas não esqueça de protegê-lo com almofadas ao seu redor para que ele não se machuque se cair. Nessa idade, se o bebê ganhar um brinquedo de presente, é mais provável que ele queira brincar com o papel ou com a caixa do que com o próprio brinquedo.

Do 9º ao 11º - Engatinhar, ficar de pé e andar com apoio são os primeiros "passos" na direção da liberdade. O bebê leva tudo à boca (cuidado com objetos pequenos) e morde, mastiga e engole. Apertar botões (atenção ao que se acende e se apaga), abrir e fechar portas (cuidado com os dedos dele), movimentar objetos são algumas das atividades que podem ser feitas sob sua supervisão. Nessa fase, os brinquedos podem ter cores, sons e muitos botões.


1º ano de vida - Encaixar e desencaixar, empilhar e derrubar, conhecer novas cores, formas, tamanhos, pesos, cheiros, gostos. Brinquedos devem ser variados em cores, tamanhos, texturas, sons, formas para que seu filho aprenda a reconhecer esses fatores. Ele tentará encaixar um brinquedo no outro, empilhá-los e, a seguir, derrubar essa pilha. Sons e cores são estímulos legais (lápis de cor e papel, brinquedos amarrados para jogar e andar puxando).

Por Larissa Alvarez

Comente