7 dicas para colaborar na autonomia dos bebês

autonomiabebes

Foto - Shutterstock

Como dar autonomia ao seu bebê? Pesquisas indicam que, desde que nascem, crianças pensam a respeito do mundo à volta delas e estão aptas a aprender.

Porém, muitos pais e escolas de Educação Infantil ainda têm dúvidas sobre como colaborar neste processo de desenvolvimento de habilidades e autonomia dos bebês.

Pensando nisso, a Fundação Victor Civita (FVC), em conjunto com especialistas em educação, se debruçou sobre o tema para elaborar algumas sugestões direcionadas aos adultos, a fim de que eles possam observar as melhores oportunidades de interagir com a criança e reconhecer suas demandas, sem deixar de oferecer espaço para liberdade de expressão.

"É preciso desafiar as crianças no sentido de levá-las a fazer escolhas e experimentar, sempre respeitando a etapa de desenvolvimento, pois a busca pela autonomia tem que ser incentivada desde a primeira fase da vida da criança", afirma Angela Dannemann, diretora-executiva da Fundação Victor Civita.

"Mas, para isso, os responsáveis precisam investir no livre brincar e na organização de um espaço adequado e seguro", ressalta.

Confira abaixo as sugestões da Fundação Victor Civita para auxiliar nos primeiros passos da busca pela autonomia dos bebês:

1. Na escola ou em casa, é interessante ter apoios, como caixas e barras na parede, que permitam aos pequenos se sentirem mais seguros para se locomover;

2. Durante a troca de fraldas, de roupa e no momento do banho, além de explicar ao bebê o que está sendo feito, vale entregar objetos para que ele segure e ajude - na medida do possível;

3. Deixar a criança deitada de barriga para cima no chão, com brinquedos próximos, incentiva o bebê a virar de barriga para baixo e se deslocar para alcançar o que quer;

4. Permitir que os pequenos tentem vestir as meias e calçar os sapatos sozinhos é uma forma de fazê-los aprender. No início, é fato que vão errar, mas isso faz parte do processo de aprendizagem;

5. Ofertar potes, bacias e outros acessórios de cozinha, os chamados "brinquedos não-convencionais", além de carrinhos, bonecas e bichos de pelúcia. Não é somente o que brilha e emite sons que chama atenção dos bebês, principalmente dos que têm quase um ano;

6. Deixar que se alimentem sozinhos, sob supervisão de um adulto, é um desafio enriquecedor, assim como o momento de escovar os dentes. Tente não se incomodar com a sujeira, tendo em vista o benefício no desenvolvimento motor que essas atividades irão gerar;

7. De preferência, os bebês devem dormir em colchões colocados no chão ou em camas bem próximas a ele. Dessa forma os pequenos ganham autonomia, pois podem se levantar sozinhos ao acordar, sem ter de esperar que alguém os auxilie.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: aprendizado autonomia