Turismo para mãos de vaca

Turismo para mãos de vaca

Foto: Reprodução

Depois de passarem quatro anos morando em Nova York com um orçamento apertado, o escritor Henry Bugalho e sua esposa, Denise Napp, descobriam quase todas as maneiras possíveis de como economizar na cidade. Para tentar desmistificar a história de que Nova York é uma cidade cara, Henry propôs a esposa que criassem um blog para que compartilhassem suas próprias descobertas econômicas.

Para eles, descobrir as "barbadas" de Manhattan foi uma questão de sobrevivência. "Nós precisávamos comer e nos vestir, mas também queríamos nos divertir, ir aos museus, ao cinema, ao teatro e as outras atrações turísticas", comenta. Depois de pesquisarem bastante e enfrentarem inúmeros perrengues o casal tinha acumulado repertório suficiente para alimentar o blog "Mãos de Vaca".

Aos pouquinhos o blog cresceu e o casal percebeu que seu público não era só mochileiros querendo economizar, mas também juízes, engenheiros, empresários, pessoas que gostam de economizar em viagens para potencializar a estadia e aproveitar da melhor maneira.

A receptividade foi tamanha, que depois de conquistar mais de 2 milhões de acesso o blog se transformou no livro, Nova York para Mãos de Vaca, que pode ser comprado no próprio site do casal. Segundo Henry foram os próprios leitores quem sugeriram que as dicas ganhassem as páginas de um livro. "Assim eles poderiam carregar nas viagens e consultá-lo sempre que necessário".

A versão mais barata de Nova York é tão sensacional e glamourosa quanto a versão Hollywoodiana. "Nossa meta sempre foi apresentar as melhores atrações, opções de compras, alimentação e hospedagem sempre pagando menos. Se há um dia gratuito em um museu caro, por que pagar para entrar? Se existe um outlet com roupas de grife, por que pagar preço integral por um produto quase idêntico numa loja cara? Por que pagar para jantar em restaurantes chiquérrimos e que nem é tão bom, quando é possível comer melhor pagando muito menos?", questiona o autor.

Depois do sucesso, Henry e Denise perceberam que o blog poderia pagar suas contas e decidiram se dedicar a outros projetos similares. O próximo lançamento será o livro Buenos Aires para Mãos de Vacas, seguindo a mesma linha editorial do primeiro. "Com a ressalva de que Buenos Aires é uma cidade para ótimos passeios e Nova York é ótima para comprar", explica.

O lançamento ainda não tem uma data prevista, mas Henry já adianta que só sai no próximo semestre. "Antes vamos para a Europa, em março, explorar a Itália, tanto a capital como outras cidadezinhas interessantes. Tudo para um projeto futuro." Uma delícia trabalhar assim, não?

Vai para Nova York?

As dicas de Henry são: conhecer Times Square, Central Park, Quinta Avenida, Wall Street, e outras regiões que não são tão turísticas, como East Village ou Lower East Side. São áreas cheias de vida e com um ritmo totalmente diferente do que se imaginaria para Nova York. Na hora de comprar visite os outlets, Century 21, Woodbury Commons, Jersey Gardens, as lojas de eletrônicos e câmeras fotográficas Best Buy, J&R e B&H Photo e a loja de 99 cents, Jack's World. E na hora de assistir a um musical da Broadway lembre-se de conseguir um cupom de desconto.

Vai para Buenos Aires?


Lá as opções são: Casa Rosada, bairro do Boca, Recoleta, Teatro Colón e a Avenida 9 de Julio. Henry também aconselha desbravar regiões desconhecidas, entrar em restaurantes simples e experimentar bife de chorizo e choripan. Parar para assistir o tango na rua, deitar-se na grama na Plaza San Martin ou tomar um sorvete de doce de leite.

Por Mariana Benjamim

Comente

Assuntos relacionados: dinheiro viagem turismo