Seguro de vida: como escolher?

Seguro de vida como escolher

Você já fez o seu seguro de vida? Embora no Brasil não tenhamos o hábito de contratar esse tipo de serviço, vem crescendo o número de pessoas que procuram pelos seguros. Porém, muitas perguntas devem ser feitas antes de contratar: quais são as opções que existem? Que benefícios podem trazer para o contratante e família? Qual é o mais adequado para cada perfil?

Para o consultor da empresa Seguralta, Nilton Dias, só no ano passado a procura por seguros de vida cresceu 20%. "Com o aumento de renda e do patrimônio, as pessoas começam a se preocupar mais em manter o seu padrão de vida, assim como da sua família, não só em caso de morte, mas também em casos de invalidez permanente ou doença", explica.

Entre os tipos de seguros, existem os específicos para mulheres, com serviços diferenciados. Além das garantias básicas, também contempla uma cobertura específica, o diagnóstico de câncer. "No caso de diagnóstico de câncer maligno de mama, de ovário ou de útero, a mulher terá direito a uma indenização, de acordo com o capital segurado contratado", explica Dias. "É um seguro mais caro do que o individual, mas oferece muito mais benefícios importantes para a mulher", completa.

Dependendo do plano, é possível ter acesso a outros serviços, como assistência farmácia, orientação nutricional, check lar (serviços na residência) e assistência viagem. "Os opcionais dependem das necessidades específicas de cada segurada, assim como do prêmio que está disposta a pagar".

Por Lìvany Salles

Comente

Assuntos relacionados: finanças mulher