Presentes para o dia das crianças devem ficar mais caros

presentesimpostos

Foto - Shutterstock

Se você está pensando em agradar as crianças com a compra de um videogame no próximo dia 12 de outubro, fique atento! De acordo com um estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) divulgado nesta segunda-feira (29), este e outros presente de Dia das Crianças terão mais de 50% de impostos.

No caso do videogame, os pais pagarão 72,18% de tributos, valor que será revertido aos cofres federais, estaduais e municipais. O mesmo se aplica aos jogos do brinquedo eletrônico, também com 72% de tributos e ao tênis importado, cujo percentual de impostos corresponde a 58,59%.

Segundo o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike, a alta carga tributária dos produtos se deve ao princípio da seletividade utilizado para definir a tributação. "O legislador deve destinar alíquotas mais altas para os produtos de menos importância ao cidadão. Da mesma forma, a incidência de tributos é menor em produtos considerados mais necessários e essenciais, como aqueles que compõem a cesta básica", informa.

Outros presentes que fazem a alegria da garotada também estão repletos de encargos tributários, como é o caso dos binóculos (51,71%); do aparelho de MP3 ou iPod (49,45%); do televisor (44,94%); e dos DVDs de filmes e desenhos (44,20%). Presentes como bicicleta, bola de futebol e brinquedos têm incidência tributária de 45,93%, 46,49% e 39,70% respectivamente.

O estudo do IBPT também indica que, caso opte por presentear as crianças com guloseimas, o contribuinte arcará com 33,95% de impostos no bolo de brigadeiro e 37,98% no sorvete.

Uma dica educativa é presentear com livros, que possuem imunidade tributária, sendo que os 15,52% de tributos se referem apenas aos encargos sobre a folha de pagamento e sobre o lucro da venda.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: impostos dia das crianças