Pequenos gastos - como controlar

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Como controlar pequenos gastos diários

Quando alguém pensa em dívidas, logo vem aquelas contas enormes: financiamento do carro ou da casa, aluguel, IPTU, mensalidades escolares... Porém, existem certas despesas que sequer contam no orçamento, mas, se somadas, podem até superar algum dos itens citados. São aquelas tão pequenas e tão incorporadas no cotidiano que sequer são contabilizadas.

Para começar, o inofensivo cafezinho. Nada contra o prazer de se degustar um bom café, mas se todos os dias úteis uma pessoa gastar em média R$ 5, em um ano terá gasto mais de R$ 1.300. Pode até ser uma parcela insignificante no dia a dia, mas quando somada, torna-se um excesso prejudicial ao orçamento. E economizando no café, o dinheiro pode ser revertido para aquele final de semana na praia com a família.

Mas antes de sair cortando tudo, o educador financeiro Álvaro Modernell alerta que é preciso fazer um certo sacrifício, mas mantendo alguns pequenos prazeres. Caso contrário, a situação fica insuportável. Portanto, se aquele jantar com os amigos está pesando no bolso, que tal reunir em um jantar em casa? Ou que tal, no caso do cafezinho, aproveitar o café da empresa?


Existem outras dicas que facilitam no dia a dia: fazer lista de compras quando for ao mercado ajuda a manter o foco no que realmente precisa comprar. Além disso, anotar durante 3 meses todos os gastos diários é uma indicação dos economistas para ter controle e verificar o que pode ser cortado.

Por Lívany Salles

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente