Obstetra contratado x plantonista

Obstetra contratado x plantonista

Foto: Jamie Grill/Tetra Images/Corbis

Muitas gestantes desconhecem que aquele médico que fez todo o pré-natal pode não estar presente no momento do parto. A probabilidade dele ser feito por um médico plantonista é muito grande. Com certeza, ele também terá todo cuidado com a grávida, mas não tem a mesma intimidade daquele que acompanhou toda a gestação.

Com isso, mulheres que sabem desse fato acabam optando por contratar o médico que realizou o seu pré-natal. Assim, faz um esforço e paga seu obstetra. No entanto, é preciso saber alguns pontos antes de fechar o contrato.

Primeiramente, o valor deve ser acordado por paciente e médico ainda na primeira consulta. Assim, de acordo com o Dr. Alberto Jorge Guimarães, ginecologista obstetra, o profissional ficará à disposição no dia em que a grávida entrar em trabalho de parto, sem importar o dia, nem a hora. Portanto, ele ressalta que, assim que a mulher descobrir a gravidez e começar a fazer o pré-natal, ela deve conversar com o seu médico sobre esse assunto.

"É fundamental que na primeira consulta você discuta com o seu médico sobre essa vontade. No caso de convênios, é vendida a assistência médica incluindo o obstetra que estará de plantão naquele momento. Se você tiver a sorte de chegar e encontrar o seu médico, poderá fazer o parto com ele. Caso contrário, terá que fazer com quem estiver de plantão no dia", explica o ginecologista obstetra.

Para aquelas que forem contratar seus médicos, ele informa que o valor não muda de acordo com o tipo de parto: cesárea ou normal. E mesmo sendo um gasto a mais, a procura só tem crescido e a preferência é pela cesareana, o parto marcado em centro cirúrgico. "As mulheres estão preferindo pagar não só pela confiança que têm em seus médicos, mas pela tranquilidade que quer sentir nas pessoas que estão ao seu lado em um momento tão importante. Algumas preferem ainda as doulas, que são acompanhantes que ajudam a gestante dando apoio e orientando", detalha o Dr. Guimarães.


Cada dia mais independentes e decididas, as mulheres quererem acompanhar todos os momentos da gestação, escolhendo detalhes e tendo o máximo de cuidados possíveis, principalmente na hora do parto. Ela deseja planejar e programar, inclusive, a escolha do médico, para que tudo seja perfeito.

Por Marisa Walsick (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: finanças dinheiro