O que cobre o seguro viagem?

Saiba tudo o que cobre o seguro viagem e não passe por nenhum aperto nas férias
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
seguro viagem

©iStock.com/©travnikovstudio

Para não correr riscos de estragar a viagem das férias de julho, a contratação de um seguro viagem, principalmente para jornadas internacionais, pode ser essencial.


Nilton Dias, gerente comercial da Seguralta, rede de corretoras de seguro com mais de 600 unidades pelo Brasil, comenta algumas questões comuns com relação à cobertura, preços e casos de obrigatoriedade da apólice

1. O que cobre um plano básico de seguro viagem?

Atendimento médico e odontológico, interrupção e cancelamento de viagem, acidentes pessoais, morte acidental, invalidez permanente parcial ou total por acidente e extravio de bagagens.

2. Hospitais no exterior cobram valores altos?

Sim. Por exemplo: nos Estados Unidos, onde o sistema de saúde é limitado até mesmo para quem nasceu lá, existem casos de hospitais que cobram cerca de 2 mil dólares em internações.

3. A companhia aérea é obrigada a ressarcir o viajante que tem a sua bagagem extraviada independentemente se ele contratou ou não o seguro viagem?

Sim. Após o embarque, a bagagem é responsabilidade da empresa aérea e o viajante pode processá-la por danos materiais em caso de extravio. O seguro viagem é útil neste caso porque ajuda a acelerar o processo de indenização.

4. O seguro viagem é obrigatório?

Depende do destino. Na Europa, os países que integram o Tratado de Schengen exigem seguro viagem que cubra pelo menos € 30 mil para despesas médico-hospitalares. São estes: Reino Unido, França, Irlanda, Alemanha, Espanha, Portugal, Grécia, Noruega, Holanda, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Hungria, Itália, Luxemburgo, Malta, Polônia, República Tcheca e Suécia. Cuba também exige seguro, enquanto a Austrália requer seguro-saúde especifico chamado Overseas Students Health Cover.

5. Quanto o seguro viagem cobre?

O valor varia porque depende do que consta na apólice. Em geral, vai de US$ 6 mil a US$ 150 mil

6. O seguro básico cobre acidentes esportivos?

Não, por isso é preciso considerar o tipo de viagem antes de fechar contrato. Se a viagem envolver esportes radicais é essencial contratar seguro especifico. Deve-se também considerar se o destino é um país que passa por situação endêmica. Para alguns países africanos, por exemplo, é necessário tomar vacinas.

7. É muito caro?

Não. Uma viagem de uma semana, período médio de viagem de famílias brasileiras durante julho - com cobertura de aproximadamente US$ 10 mil pode custar menos de R$ 100.

Por Thamirys Teixeira

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: férias viagem seguro ferias fim de ano