O dicionário dos códigos das ações

Para quem planeja investir no mercado de ações é importante entender alguns conceitos básicos sobre o assunto. E um ponto primordial é saber o significado dos códigos das ações, pois eles são usados durante as transações de compra e venda.

O operador de ponte rolante, Carlos Alvaro dos Santos, começou a investir em ações há 15 anos. "Em 1995, o Governo Federal abriu ações da Petrobrás para quem quisesse aplicar até 50% do fundo de garantia", conta Carlos, que chegou a lucrar 300% em cinco anos. Para o operador, além da Petrobrás, a Vale e a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) são as melhores empresas para investir. "Essas são algumas das grandes empresas que investem no futuro e dão certo", finaliza Carlos.

SANB11 (Santander), USIM5 (Usiminas) e PETR4 (Petrobrás) são combinações de letras e números que seguem um padrão e servem para evitar o equívoco de uma transação e gerar prejuízos, por exemplo.

Confira o significado de cada número:

1 - O número 1 após as letras do código indica que aquele é um direito de subscrição (compra) de uma ação ordinária (ON), ou seja, com direito a voto.

2 - O número 2 também é utilizado para indicar o direito de subscrição, mas de uma ação preferencial (PN), ou seja, com preferência na distribuição de dividendos. Por exemplo: BBDC2 seria um direito de subscrição da ação preferencial do Bradesco (BBDC4).

3 - O número 3 é bastante utilizado no mercado de ações, pois indica que aquela é uma ação ordinária. Um exemplo é o código USIM3, que se refere à ação ordinária da Usiminas.

4- O número 4 também é bastante comum e se refere às ações preferenciais . Como exemplo, você já deve ter visto o código PETR4, que indica os papéis preferenciais da Petrobras.

5, 6, 7 e 8 - Quando o código da ação é composto por um destes números, também significa que aquele é um papel preferencial, mas de classes diferentes. O número 5 significa que a ação é preferencial classe A (PNA), como a VALE5, por exemplo. O número 6 indica ação preferencial classe B (PNB), o 7 significa classe C (PNC) e o 8 classe D (PND).


9 - Quando você exerce o direito de subscrição de uma ação ordinária, antes de ela entrar no seu portfólio com o código normal - PETR3, por exemplo - ela aparece como um recibo de subscrição, com o número 9 depois das letras - PETR9, por exemplo.

10 - Assim como o número 9, o 10 também se refere a um recibo de direitos sobre ações. A diferença é que são ações preferenciais, e não ordinárias.

Por Livany Salles

Comente