O 13º vem aí...

O 13º vem aí

O 13º salário vem aí e com ele inúmeras oportunidades de colocar em dia sua vida financeira.

Em relação aos inadimplentes, os economistas especialistas em finanças pessoais são unânimes em orientar: use o dinheiro para saldar dívidas e começar o ano livre de credores. E mais, na hora de acertar as contas, renegocie o valor devido, pois às vezes é possível conseguir abatimentos ou isenção de juros e multas. A partir do momento em que conseguir renegociar a dívida, você já pode exigir que seu nome seja excluído dos cadastros de inadimplentes.

Já para quem está com as contas em ordem, que tal planejar os gastos iminentes do ano novo? Querendo ou não, as faturas do IPTU e IPVA estão prestes a serem deixadas à sua porta... Isso sem falar na matrícula da escola, material e uniforme das crianças. E você não vai querer deixar de fazer as comprinhas de Natal, não é mesmo?

Para não extrapolar o orçamento, fazer render o 13º e ainda entrar em 2009 sem comprometer seus futuros salários, estabeleça e enumere suas prioridades. Anotar seus deveres e prazeres financeiros em um bloquinho pode ser uma alternativa simples e eficaz.

Então, deixe reservado o valor que você será obrigada a destinar aos cofres públicos e à educação dos filhos. Veja o quanto sobrou e corra para o shopping. Use e abuse de sua criatividade para encontrar presentes baratos e significativos, pechinche sem pudor, e procure pagar sempre à vista (não se esqueça de ir controlando os gastos no bloquinho!).

O consultor financeiro sócio do blog Dinheirama, Ricardo Pereira, dá outra dica. “Quando for às compras, leve o dinheiro previsto em seu orçamento evitando assim carregar cartões e talão de cheque. Pague em dinheiro e com desconto. Dessa forma, ao invés de passar 2009 pagando juros, existirá a oportunidade de poupar um valor considerável por mês e ter já no final de 2010 uma nova realidade cheia de oportunidades”. Daí para frente, é só estourar o champagne...

Leia também - Dinheiro compra felicidade?

Por Adriana Cocco

Comente