Nota fiscal no CPF tem mais pedidos do que cadastros

Para muitos brasileiros, incluir o CPF na hora da compra já se tornou um hábito que muitos sequer chegaram a fazer a inscrição no site. Em São Paulo, o número de inscritos supera 10 milhões de pessoas. Mesmo assim, ainda existem outras 24,5 milhões que ainda não fizeram o cadastro, mas solicitam regularmente a Nota Fiscal Paulista.

No Distrito Federal, mais 1,4 milhão de contribuintes pedem notas fiscais, mas apenas 220 mil pessoas fazem uso dos créditos a que têm direito. Em Alagoas, apenas 15% das pessoas que pedem as notas já fizeram o cadastro no programa Nota Fiscal Alagoana. De 588 mil alagoanos que solicitam os cupons fiscais com CPF - cerca de 23% da população do Estado - apenas 91 mil estão inscritos no programa.

Em janeiro, 32 mil novos cadastros foram efetuados, quando os consumidores se inscreveram no programa para garantir os descontos no IPVA e no IPTU, o que comprova que muitas pessoas se inscrevem apenas quando precisam do dinheiro.

De acordo com a coordenadoria da Nota Fiscal Paulista, o número tende a crescer. Do total de 11 bilhões de notas emitidas em São Paulo no ano passado, 30% tinham um CPF registrado. No ano anterior, eram 20%.


O Programa Nota Fiscal Paulista devolve 30% do ICMS efetivamente recolhido pelo estabelecimento a seus consumidores. Para se cadastrar, basta acessar o site do programa (www.nfp.fazenda.sp.gov.br/) e preencher os dados. Lembrado que no próximo dia 19 de abril serão liberados os créditos do segundo semestre de 2010.

Por Lívany Salles

Comente