Mulher recebe compra de site chinês com pedido de ajuda

Sandra Miranda fez uma compra no site chinês AliExpress e recebeu um bilhete com pedido de ajuda
AliExpress

A moradora de Águas Claras, Sandra Miranda, fez uma compra no site chinês AliExpress (famoso por vender peças com valores bem abaixo do mercado brasileiro) e recebeu uma surpresa uma tanto desagradável junto com a sua encomenda.


Sandra tirou uma foto e enviou para a filha, Raíssa Reis, que mora em São Paulo. A jovem, imediatamente publicou a imagem no Facebook. "Meu coração se aperta e lágrimas descem ao ver que, do outro lado do mundo, neste exato momento, existe alguém sendo escravizado para confeccionar o produto que eu e você compramos. É um sentimento que não tem como descrever", desabafou Raíssa 

Procurada pelo jornal Correio Braziliense, o AliExpress informou que vai apurar o caso. "Se um vendedor for encontrado utilizando práticas proibidas de contratação mão-de-obra, ele será investigado e denunciado às autoridades".

Por Thamirys Teixeira

Comente

Assuntos relacionados: aliexpress