Investidor arrojado arrisca e é experiente

Geralmente, esse perfil se encaixa no investidor que está mais acostumado, já conhece algumas ferramentas do mercado e, portanto, tem mais experiência para lidar com os riscos.

Em momentos de alta no mercado acionários, os investidores tendem a ficar mais arrojados, querem investir mais e ficam animados com os noticiários sobre a alta na Bolsa de valores. Até os mais conservadores pensam em migrar e fazem planos mais audaciosos.

E neste atual cenário, em que o Japão vive uma catástrofe, com conseqüências para a economia mundial, é preciso cautela e manter os objetivos que foram traçados lá no início dos investimentos. Não adianta nenhuma decisão precipitada.

Taí a importância de uma estratégia bem definida. Afinal, a Bolsa de Valores sofre oscilações, momentos de crise e de euforia. Não é previsível.


Com tolerância de risco, os ganhos a médio e longo prazo deste tipo de investidor pode ser maior, proporcional aos riscos. Isso não significa que todo seu dinheiro tenha que ser destinado ao risco. Pelo contrário, economistas sempre aconselham a diversificar e destinar nem que seja 10% em renda fixa e/ou outros mais estáveis.

A maioria das corretoras apresenta opções de carteiras e avalia o perfil do investidor antes de indicar.

Por Lívany Salles

Comente

Assuntos relacionados: perfil investidor