Internet banking é o canal preferido pelos correntistas

Internet banking é o canal preferido pelos corrent

Deus que nos livre de enfrentar as filas bancárias de cada dia! Este é o tipo de problema que foi excluído da lista de irritações de milhares de brasileiros que aderiram de vez ao internet banking. Isso mesmo! Segundo o Banco Central, a internet passou a ser o canal de atendimento bancário mais utilizado pela população: entre 2006 e 2009, as transações pela rede cresceram mais de 60% e ultrapassaram as realizadas pelos caixas eletrônicos em todo o país. A agilidade e a comodidade são as principais vantagens. Mas, ainda é preciso prestar bastante atenção em relação à segurança nas movimentações.

De acordo com os números divulgados, em um ano, cerca de 20 milhões de usuários aderiram às transações bancárias on-line. O serviço de consulta a saldos e extratos foi o mais utilizado pelos correntistas em 2009. O consultor da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Luis Marques, diz que o crescimento se deve a vários fatores:

- evolução tecnológica dos computadores,

- maior acesso aos micros devido ao barateamento,

- e a geração de pessoas que já nasceram "virtuais".

"A segurança também avançou por meio das senhas ampliadas pelos bancos, pelas multisenhas e até a certificação digital de garantia de segurança absoluta no caso de pessoas jurídicas. Mas, a vulnerabilidade em relação às pessoas físicas também depende da educação do próprio usuário", diz Marques. "De nada adianta a segurança tecnológica ampliada pelos bancos se o usuário abrir um anexo de e-mail com um programa que copia as informações bancárias para terceiros".

Marque recomenda ao internauta que não abra e-mails de remetentes desconhecidos e aqueles outros do tipo ‘veja quanto seu dinheiro rendeu’ ou ‘último dia para recadastrar seu CPF no banco’, dentre tantos outros que visam fisgar o correntista. E, caso abra as mensagens, a orientação é que não clique em links e anexos. "Ao entrar nos sites dos bancos, é preciso checar se existe um desenho de cadeado no canto da página, o que garante a segurança na navegação", ressalta o consultor.


De qualquer forma, as agências bancárias físicas ainda estão longe de desaparecerem. É lá que os correntistas podem e devem formalizar suas reclamações, pedir esclarecimentos, contratar serviços e realizar negócios. Em caso de problemas com o internet banking, é para lá que devem se dirigir.

Por Adriana Cocco

Comente