Golpes envolvendo dinheiro

Existem vários golpes envolvendo bilhete premiado, dólar falsificado, entre outros. Com um discurso afiado, os golpistas procuram as pessoas mais frágeis, necessitadas ou debilitadas. Oferecem uma grande vantagem em troca de uma quantia de dinheiro que, à primeira vista, parece ser bem razoável perto daquilo que está sendo oferecido.

Em primeiro lugar, dinheiro fácil não existe. Seja numa abordagem na rua ou em uma oportunidade que surge na Internet para ganhar dinheiro sem sair de casa, com um mínimo de esforço. Em qualquer hipótese, deve-se duvidar e procurar checar as informações em locais confiáveis (como na Caixa Econômica Federal, no caso do famoso golpe do bilhete premiado).

Segundo o site fraudes.org, o bilhete premiado é um dos mais antigos do Brasil, com alguns casos relatados na década de 40. Alguns golpes chegam a ser tão bem planejados pelos golpistas que chegam a confundir as pessoas. No caso do falso bilhete, em alguns casos é apresentado um comprovante bem parecido com o verdadeiro juntamente com um documento da Caixa, também forjado.

As desculpas para a generosa oferta podem ser várias: porque o ônibus para a cidade do ganhador parte em 15 minutos, que esqueceu ou perdeu os documentos (e não pode retirar o prêmio), que está desorientado, que é analfabeto, que tem alguém esperando ele, que a mãe dele está no hospital etc. Um comparsa pode surgir no momento do golpe e se mostrar interessado só para impressionar a vítima.

Por Lívany Salles

Comente