Finanças em 2010 - Momento de decisão

O fim do ano e o início de um novo ano trazem energias difusas: para alguns, é tempo de festejar e comemorar mesmo que os resultados não tenham sido tão agradáveis. Para outros, é um momento de melancolia, como que uma expiação das coisas que não aconteceram como poderiam ter sido. Mas de toda forma o primeiro momento de algo novo merece mais atenção e carinho, pois é determinante para tudo o que virá.

Em termos de finanças e investimentos, o início do ano deve e precisa ser pensado antes de "sair fazendo", como é comum com muitos brasileiros. A primeira semana do mês merece uma pausa para planejar o que se deseja alcançar ao longo do primeiro semestre, e do segundo. Calma! Antes que você pense que já fez isso antes e não deu certo, ou que "tem tudo na cabeça", portanto é só fazer, analise: no primeiro caso - o que fez e não funcionou - houve disciplina suficiente para permanecer no eixo e foco de seu desejo? E no segundo, será que ter tudo na cabeça, sem um papel, por mais simples que seja, escrito com o que se quer ajudou a manter os desejos em foco e na lembrança constante? Creio que não.

Pelo sim, pelo não, experimente dar mais uma chance para que os seus sonhos e equilíbrio sejam alcançados - e aqui estendo para muito além das finanças, que são um pequeno detalhe em todo um grande processo - trazendo os sonhos para o mundo real, colocando num papel e criando um passo a passo para que eles sejam alcançados. O salário está pouco para as despesas e o sonho é dar entrada na casa própria? Pense em alternativas que vão desde conversar com a chefia sobre as perspectivas do emprego, remodelar o currículo para disputar novas oportunidades no mercado, e ainda um free lance para fazer um extra. O que não adianta é simplesmente ver que o dinheiro está curto e ficar somente reclamando da situação.

Na hora de fazer a lista pode acontecer a constatação que algumas coisas que eram sua garantia agora não fazem mais sentido, ou que será necessário fazer diferente, o que pode gerar certo desconforto. Será que é a hora de pensar em um novo curso, um novo idioma ou aprofundar técnicas profissionais que você achava que "eram desnecessárias", como a informática no seu trabalho e um conhecimento de Espanhol? OK, mas ainda não dá por infinitas razões... portanto planeje quando será viável investir no melhor investimento que existe, que é sua capacitação profissional e pessoal. Lembre que este investimento é o que mais irá trazer retornos de qualidade de vida para você, portanto, não economize nele ou regateie: faça o melhor que puder.


Com tudo isso, é hora de começar, e a primeira coisa a fazer é lembrar que tudo isso que parece uma grande mudança irá se tornar uma rotina de qualidade para você, com clareza dos seus desejos que trará naturalmente uma disciplina e organização para seu sucesso. Respire calmamente, com todo o carinho que você merece e comece a pavimentar os passos que farão da sua vida uma grande realização, seja qualquer o seu sonho - ele merece se tornar realidade, pois é só seu!

Suyen Miranda é publicitária e consultora de finanças pessoais, atuando no Brasil, Mercosul, Portugal e Angola. Já foi consumidora compulsiva voraz e tornou-se poupadora e empreendedora, e acredita que toda mulher pode e deve ser autônoma e independente financeiramente. suyen@suyenmiranda.com.br

Comente