Economize na conta do celular

Economize na conta do celular

Espreme daqui, aperta de lá e o dinheiro continua acabando antes do fim do mês. Então, pense: para quê gastar tanto na conta de telefone celular? O aparelho, que sem dúvida é importante e praticamente indispensável para muitas pessoas, pode muito bem cumprir sua função sem causar um rombo no bolso. As dicas vão desde a escolha do plano correto para suas necessidades até o controle pessoal de não fazer ligações à toa.

A orientação básica para evitar gastos excessivos é, basicamente, estudar as informações da fatura e identificar seus hábitos para, então, optar pelo plano que mais atende ao seu perfil. Guiar-se somente pelo preço dos planos ou pela quantidade de minutos pode levar a pessoa a gastar mais que o necessário.

"É muito importante conferir a quantidade de ligações que são feitas, em média, todo mês, além do tempo gasto em cada chamada. Também é necessário identificar a quantidade de interurbanos que são realizados e o envio de torpedos e e-mails via celular", diz Maria Inês Dolci, coordenadora da Proteste, entidade ligada à orientação e defesa do consumidor. É importante lembrar que hoje em dia é possível comprar o aparelho desbloqueado, facilitando a troca de operadora e a escolha pelo plano ideal de serviços a serem utilizados.

Aproveitar as promoções também está entre as dicas para reduzir a conta. Mas fique atenta, pois à vezes a redução dos valores cobrados vale apenas para as ligações entre números da mesma operadora, ou só para chamadas locais e em horários restritos e, ao fazer chamadas de longa distância nacional, por exemplo, o consumidor acaba levando prejuízo.

Para quem gosta de modernidade e vive trocando de aparelho, atenção à utilização da internet via celular. Antes de navegar, pesquise um plano que inclua dados, o que significa a web. Também verifique se não é mais vantajoso usar o pacote de mensagens do que de voz. Há muita gente que prefere enviar torpedos a esticar um bate-papo!

No site da Proteste há, inclusive, um simulador para ajudar a fazer as contas dos gastos. Anote: www.protest.org.br.

Por Adriana Cocco

Comente