Dicas sobre como pechinchar no Natal

Para te ajudar a ter descontos nas compras, selecionamos algumas dicas sobre como pechinchar no Natal

Pechinchar é uma forma de obter descontos nas suas compras. Foto - Reprodução

Umas das melhores épocas do ano para exercitar a arte de pechinchar é justamente no mês de dezembro. O Natal e o Ano Novo são as datas comemorativas em que as pessoas mais despendem dinheiro, especialmente quando o 13º salário cai na conta, para fazer as compras de presentes e dos produtos da ceia para as festividades.

Ainda que o final de ano nos reserve uma renda extra, é aconselhável nunca criar "ilusões" com o dinheiro  a mais que aparece na conta bancária. Isso porque, logo no mês de janeiro, algumas despesas extras aparecem, como a compra de material escolar e o pagamento de IPVA, entre outros. Então, não hesite em pesquisar preços e não tenha vergonha em negociar com as lojas, já que os preços podem variar muito de um lugar para outro.  Para te ajudar a ter descontos nas compras, selecionamos algumas dicas sobre como pechinchar no Natal.


1. Pesquisa - Nunca saia de casa com pressa para fazer suas compras, porque, dessa forma, você acabará comprando no primeiro lugar que encontrar o produto desejado. Separe um dia especialmente para pesquisar diversos estabelecimentos, produtos e preços. Faça uma lista  de tudo o que pretende comprar e anote cada preço, para poder fazer comparações posteriormente.

2. Antecipação - Antecipe as compras de Natal e Ano Novo, porque ao deixar para comprar mais próximo das datas festivas, mais caros os produtos ficarão. E liste também outros itens que podem ser adquiridos no período pós-festas, já que normalmente as lojas fazem a famosa "queima de estoques". 

3. Meta - Estabeleça uma meta para sua pechincha. O desconto só acontece, muitas vezes, quando o cliente pede. mas tenha cuidado para não pechinchar demais e acabar desvalorizando o produto. 

4. Lançamentos - Evite comprar produtos em lançamento, pois você corre o risco de pagar mais caro por eles. Dê preferência a produtos que tenham maior oferta, o que barateia o custo deles. 

5. Conhecimento - Pesquisa bem as características e funcionalidades dos produtos que deseja comprar, como no caso de celulares, por exemplo. Conhecer bem o produto ajuda a argumentar com o vendedor e rejeitar acessórios que não são essenciais para sua compra. 

Foto - Reprodução

6. Entusiasmo - Procure não se mostrar tão entusiasmado com a possibilidade de comprar. Apenas observe o vendedor e fale pouco. Isso mostra que você não é facilmente impressionável e pode rejeitar o produto a qualquer momento, caso ele não esteja dentro de sua meta de gastos.

7. Parcelamento - Quando os produtos são de maior, como caso de eletrodomésticos, além de saber o valor à vista para saber de possíveis descontos, busque também saber o valor parcelado da compra. Algumas vezes, dependendo dos juros cobrados, o preço total a prazo pode ser mais vantajoso na loja em que o produto à vista é mais caro, mesmo com desconto.

Por Renata Branco

Comente