Dicas para evitar prejuízos e fraudes na Black Friday

Confira quais formas de conseguir aproveitar o período sem expor a segurança de seus dados ou comprometer seu orçamento familiar
black friday dicas segurança economia

Foto: Istock

Nos últimos anos, os consumidores brasileiros passaram a comprar mais no período de Black Friday e a tendência é que o gasto só aumente. De acordo com previsão do Google Brasil, as vendas devem aumentar 20% no período, 4% a mais que em 2016.

Então se você é uma dessas pessoas que pretende aproveitar as liquidações, deve redobrar sua atenção. Isso porque o Brasil não só é um dos cinco países que mais sofrem ataques cibernéticos do mundo como, de acordo com diversas pesquisas econômicas, o brasileiro não tem o hábito de fazer planejamento dos seus gastos ao longo prazo.


Confira abaixo dicas para evitar prejuízos e fraudes na Black Friday de acordo com especialistas:

1- Cuidado com os aplicativos!

De acordo com o professor e coordenador do MBA em Marketing Digital da FGV, Andre Miceli, devemos ter cuidado ao baixar aplicativos. “Além de baixar apenas aplicativos de lojas oficiais, como o Google Play ou a App Store, da Apple, desconfie dos aplicativos que solicitam permissões suspeitas, como acesso a contatos, mensagens de texto, recursos administrativos, senhas armazenadas ou informações do cartão de crédito. Também confira o plano de fundo de um aplicativo antes de fazer o download. 

Pesquise o desenvolvedor e conheça a ortografia das marcas. Alguns desenvolvedores mal intencionados escrevem o nome errado das marcas para ludibriar os usuários”, explica o professor Andre Miceli.

black friday dicas segurança economia

Foto: Istock

2- Antivírus sempre! 

Andre Miceli alerta para o uso do antivírus. “Atualizar o antivírus do seu computador e evite realizar compras ou pagamentos por meio de computadores de terceiros ou de redes Wi-Fi públicas, checar a reputação da empresa, dados como razão social, número do CNPJ, endereço e telefone para contato e nunca, em nenhum caso, fornecer os dados do cartão de crédito, ou dados confidenciais, como senha ou código de segurança de sua conta bancária, em sites sem conexão segura ou em e-mails não criptografados são atitudes que ajudam a evitar esse tipo de situação”, diz o especialista.

3- Diagnóstico financeiro

Segundo o Reinaldo Domingos, é Doutor em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e autor do canal Dinheiro à Vista, é preciso cuidado para não comprometer o orçamento financeiro. "Caso não tenha se planejado com antecedência, faça um diagnóstico de sua situação financeira. Assim saberá exatamente o quanto pode gastar e, se precisar parcelar, não correrá o risco de acumular contas e não ter o valor suficiente para pagar na data do vencimento".

black friday dicas segurança economia

Foto: Istock

4- Planejamento para as compras

Reinaldo Domingos, também enfatiza a importância do planejamento. "Se for antecipar as compras de Natal, faça uma lista das pessoas que pretende presentear, o valor que pode gastar com cada uma delas e as formas de pagamento. Caso já tenha se planejado e poupado para esta data, que acontece anualmente, procure comprar a vista para não comprometer o orçamento financeiro dos próximos meses".

5- Pesquisa de preços

Domingos explica sobre a pesquisa. "Ao ir às compras, é preciso ter paciência para pesquisar o mesmo produto em diversas lojas, físicas e online, para garantir o melhor preço. No online, faça suas compras apenas em sites e aplicativos confiáveis.

Depois dessas dicas é só aproveitar as compras!

Por Thamirys Teixeira

Comente