Custos de ter um animal doméstico

Animais de estimação e planejamento financeiro

Ter uma animal de estimação traz inúmeros benefícios, alguns comprovados cientificamente, como a diminuição do estresse, aumento da afetividade e auxílio em tratamentos terapêuticos. São ótimos companheiros e muitas vezes tratados como um membro da família. Porém, para se ter um animal, é preciso levar em conta se os custos estão dentro do orçamento.

Vamos às contas e você verá que não é tão fácil manter financeiramente um animalzinho; para isso, é preciso planejamento. Vacinas, xampu antialérgico, banho, tosa, ração, tapete higiênico, biscoito para limpeza dos dentes. Só nestes itens podemos calcular em torno de R$ 300. Claro que alguns produtos/serviços podem durar mais de um mês, como o xampu, ou a vacina que é periódica.

Consultas no veterinário e emergências também devem estar no planejamento financeiro. Caso aconteça de o bichinho passar mal no meio da noite, só o atendimento pode ficar por volta de R$ 200.


De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação (Anfal Pet), o setor movimenta cerca de R$ 9 bi anualmente entre objetos, vestuário, remédios e consultas veterinárias. Só em acessórios, como equipamentos e brinquedos, são gastos por volta de R$ 819 mi por ano.

Por Lívany Salles

Comente

Assuntos relacionados: finanças animais planejamento