Crédito bancário para empreendedores

Uma das maiores dificuldades para quem está começando um empreendimento certamente é a questão financeira. Muitos recorrem a empréstimos, porém, este nem sempre é facilitado e disponível para pequenos empreendedores. Os juros elevados desanimam os pequenos empresários.

Mas esta realidade aos poucos está se modificando com iniciativas como a do Banco do Nordeste (BNB), que desde o início deste ano dispõe de uma linha específica para empresários individuais que estão inciando o negócio. Com recursos do fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), os empreendedores podem obter empréstimos com juros de 6,75% ao ano.

Já para quem pretende expandir o negócio, existem algumas linhas de financiamento para comprar equipamentos, veículos e instalações próprias, com juros mais acessíveis. Segundo informações da instituição bancária, o valor do financiamento pode chegar até R$ 15 mil, com prazo de até 36 meses para pagar.

Mais recente, o Banco do Brasil aprovou em março deste ano uma linha de financiamento que prevê até 100% do valor do item a ser investido. Também haverá financiamento para capital de giro associado de até 100% do valor financiado pelo FCO (Fundo do Desenvolvimento do Centro-Oeste), além de aquisição de matéria prima e formação de estoques para vendas.

Os juros serão de 6,75% ao ano, com prazo de até 36 meses, incluindo carência de até três meses para o primeiro pagamento. A linha de crédito entrará em vigor após publicação no Diário Oficial da União.

Além disso, o Banco da Amazônia também prevê para abril o lançamento de linha de crédito para investimento com recursos do Fundo Constitucional do Norte (FNO).

Por Lívany Salles

Comente