Como negociar as dívidas?

dívidavermelho

Foto - Shutterstock

Quando você está endividada, uma das maneiras de evitar que o rombo fique maior é renegociar as dívidas. Veja algumas dicas básicas para controlar os gastos, quitar as dívidas e sair do vermelho:

1 - Fique atenta aos mutirões

Algumas instituições, como os bancos, periodicamente organizam mutirões, que funcionam como um "bazar das dívidas". Eles chegam a oferecer até 50% de desconto para pagamentos à vista e até parcelados. Fique de olho, pois vale a pena.

2 - Pague a vista e ganhe desconto

Para algumas empresas, é mais interessante receber à vista do que parcelado, mesmo que seja um valor inferior. Se tiver uma graninha para quitar o empréstimo, não hesite em pedir um desconto, eles podem chegar até 25%.

3 - Monte uma reserva

Depois de quitar as dívidas, leve uma lição: guarde um dinheiro reserva. Caos se endivide denovo, já tem como recorrer. Esse valor para emergência deve girar em torno do valor de, pelo menos, 2 salários seus.

4 - Separe uma quantia para pagar as dívidas

Depois de fazer as contas do seu orçamento doméstico e descobrir quanto gasta por mês, separe pelo menos 20% do restante para pagar a dívida. Tendo esse valor em mente, tente renegociar a dívida.

5 - Use a internet

Hoje em dia existem várias empresas online que ajudam a renegociar a dívida, como o Quitei.com e o Limpa Nome. Antes de renegociar, procure um deles (de confiança) e veja o que podem fazer para você. Nessas horas, todas as tentativas são válidas.


Por Helena Dias

Comente

Assuntos relacionados: dívidas